16.4 C
Timbó
quarta-feira, 17 de julho de 2024

Cicloturismo no Vale Europeu sendo fortalecido

Data:

A 3ª edição da Conferência de Cicloturismo do Vale Europeu – ConVale reafirmou seu papel como plataforma crucial para o desenvolvimento do cicloturismo, promovendo debates e ações concretas visando o fortalecimento da modalidade tanto regional quanto nacionalmente. Realizado ao longo de dois dias no Timbó Park Hotel em Timbó, o evento contou com a participação de importantes nomes do cicloturismo nacional e internacional, onde foram discutidas diversas iniciativas para impulsionar o desenvolvimento do cicloturismo no Vale Europeu Catarinense.

A ConVale, realizada nos dias 24 e 25 de junho, foi organizada pelo setor de Turismo e Cultura do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi), em colaboração com a Associação Vale Europeu e o Planett Observatório do Cicloturismo.

- Publicidade -

O último dia do evento começou com uma roda de conversa sobre o monitoramento de cicloturistas, liderada por Galiana Lindoso (SACIS/EcoCounter) e Sarah Minasi (UFPR). Em seguida, ocorreu uma capacitação focada em infraestrutura cicloviária e estratégias de educação para cidades cicláveis, ministrada por Helena Porto, João Boechat e Rafael Pereira, do Niterói de Bicicleta (RJ).

O ponto alto do dia foi o Fórum de Políticas Públicas em Cicloturismo, com a presença do deputado Estadual Marquito, representando a Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc, além de outras entidades do setor. O Fórum resultou na proposição coletiva de uma minuta de decreto estadual para regulamentar o cicloturismo em Santa Catarina, enfatizando a importância da construção participativa entre poder público, iniciativa privada, academia e sociedade civil.

Na cerimônia de abertura, no dia 24, estiveram presentes autoridades como Luciano Boico, coordenador de Articulações Estratégicas da Embratur; Arlete Regilene Scoz, gestora de Turismo e Cultura do Cimvi; Luiz Saldanha, coordenador do Planett Observatório do Cicloturismo entre outros representantes importantes do cicloturismo nacional. Em seus discursos, destacaram a relevância do evento para o desenvolvimento do cicloturismo não apenas no Vale Europeu, mas em todo o Brasil.

Arlete Regilene Scoz ressaltou que “a presença dos gestores públicos, empresários e representantes de entidades ligadas ao cicloturismo é fundamental em mais esta edição da Conferência, pois as discussões serão essenciais para o desenvolvimento da atividade, principalmente através do compartilhamento de informações ao longo da programação”.

No primeiro dia do evento, foi apresentado o painel “Cicloturismo em Unidades de Conservação”, moderado por Daniel Guth e com a participação de Adriana Nunes (Rede Trilhas SC), Stéphano Ridolfi (ICMBio), Viviane Daufembacker (Parque Nacional Serra do Itajaí) e Cristhophe Balmant (Parque Nacional do Iguaçu). A discussão enfatizou a criação de roteiros que integram cicloturismo e preservação ambiental, beneficiando comunidades locais e promovendo o ecoturismo.

O painel “Mercado do Cicloturismo: Operadores de Receptivo e Destinos Turísticos”, mediado por Eduardo Mielke, contou com a participação de Luciano Boico (Embratur), Edson Moroni (Fundação de Turismo do MS), Anna Vargas (Secretaria de Turismo do PR) e Eduardo Green (Terra Pedal), destacando a necessidade de cooperação entre setor público e privado para promover destinos sustentáveis de cicloturismo.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui