18.3 C
Timbó
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Talento do Vale Europeu em Feira Internacional

Data:

Entre os dias 31 de maio e 9 de junho, o MC Centro de Eventos, em São José, será palco da Feira Internacional de Artesanato e Decoração (Feincartes) de 2024. Neste evento, o artesanato do Vale Europeu Catarinense ganhará destaque, apresentando sua nova coleção com mais de 400 produtos confeccionados pelos talentosos artesãos participantes do Programa de Artesanato, desenvolvido desde 2023 pelo setor de Turismo e Cultura do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi), em parceria com o Sebrae.

Esta nova coleção do Vale Europeu Catarinense é um reflexo da cultura dos imigrantes europeus, que transmitiram através das gerações a arte dos ofícios. A região conta com artistas locais inspirados na rica e diversificada arquitetura e nos costumes culturais regionais, refletidos em suas obras de arte e decoração.

- Publicidade -

Um dos destaques desta feira é a coleção de artesanato recentemente lançada em Rio dos Cedros, evidenciando a qualidade dos produtos que estarão em exposição durante a Feincartes 2024.

Segundo informações, Rio dos Cedros apresentou uma coleção de produtos artesanais e criativos inspirados na história e na cultura do município. São mais de 40 novos produtos distribuídos em nove coleções, elaboradas por artesãos que participaram do Programa Desenvolvimento para o Artesanato Ouro, resultado da parceria entre o Cimvi, o Sebrae e a Prefeitura de Rio dos Cedros.

O lançamento comercial destes produtos está previsto para ocorrer durante a Feincartes. O projeto teve início em 2023 e preparou os artesãos através de oficinas presenciais e on-line, pesquisas, intercâmbios e consultorias individuais. Rio dos Cedros foi pioneiro ao aderir ao programa, que também foi disponibilizado para artesãos de outros nove municípios do Vale Europeu.

Em nota, a analista de negócios do Sebrae/SC, Alice D’Oliveira, destaca que “esta é mais uma oportunidade para os visitantes da região levarem um pouco da experiência adquirida. Esta nova coleção, assim como outras que serão lançadas em breve em outros municípios, tem um impacto direto no desenvolvimento econômico e no fortalecimento do empreendedorismo”.

Os produtos foram inspirados em temas e figuras históricas, na cultura local, na fauna e flora, na arquitetura e nos artefatos regionais. As coleções também foram influenciadas pela cultura dos imigrantes italianos e alemães, presentes na região. Além do aspecto técnico, os participantes receberam orientações sobre precificação de produtos e estratégias de posicionamento de mercado, visando oferecer algo único na região e estimular o empreendedorismo.

O curso foi liderado pela diretora de Turismo do Cimvi, Arlete Regilene Scoz, pela secretária de Esporte, Cultura, Turismo e Eventos de Rio dos Cedros, Giovana Lenzi, e orientado pelas consultoras do Sebrae/SC, Bárbara Wagner e Michele Laforga. Os gestores municipais de Cultura proporcionaram aos artesãos um ano de consultoria, graças à parceria estabelecida.

Arlete destaca que “o programa proporcionou aos nossos artesãos a oportunidade de aprimorar seus produtos e valorizar seu próprio trabalho ao recriar a cultura, história e personagens que representam as etnias que colonizaram toda a região. O Cimvi tem como objetivo primordial a sustentabilidade e esta parceria com o Sebrae permitiu a preservação de um pouco da rica cultura do Vale Europeu”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui