30.6 C
Timbó
quarta-feira, 24 de abril de 2024

Colunas

Moser tem dura tarefa na sucessão

O prefeito de Indaial, André Moser (PL), vive um dilema eleitoral, em função das opções que tem para lançar como candidato a sucessão municipal. Recém-chegado ao PL, egresso do PSDB, André Moser é uma das promessas para seguir adiante na política, podendo disputar uma cadeira na Alesc, em 2026. Por esta razão, a escolha do sucessor pode selar ou comprometer este futuro.


A pedido do governador Jorginho Mello, Moser filiou-se ao PL, com a promessa de apoio em obras e parcerias, o que até o momento não tem sido muito destacado e o mandato se encaminha para o fim. Com a filiação, Jorginho pediu a Moser o apoio para lançar a pré-candidatura do ex-deputado Laércio Schuster Junior (PL) a prefeito, pedido que pode ter um alto custo a Moser, em termos eleitorais no presente e futuro.

- Publicidade -


Entre seus aliados no PSDB, alguns agora no PL e o PSD, Moser tem fiéis escudeiros, como os vereadores Flávio Molinari e Jonas Lima, que seriam pré-candidatos com histórico de vida comunitária, em Indaial e obtiveram expressivas votações para o Legislativo.


Nos últimos dias, saíram especulações de bastidores sobre uma eventual virada de mesa de Moser em relação à pré-candidatura de Laércio, que estaria encontrando dificuldades junto ao eleitorado e entre a base de apoio do prefeito. Moser sabe que o PL estará congestionado para as eleições de 2026, com nomes de peso para a reeleição e novos filiados, que pretendem uma vaga na Alesc. De momento, ele não precisa mudar de Partido, mas pode olhar um pouco mais para o horizonte e assumir sua liderança na sucessão municipal, escolhendo um candidato de sua preferência.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui