22 C
Timbó
sábado, 20 de julho de 2024

Brasil vende 18,1% a menos no ano e saldo cresce 34,2%

Data:

Brasil vende 18,1% a menos no ano e saldo cresce 34,2%
As exportações brasileiras somaram US$ 49,4 bilhões nos 91 dias úteis, do início do ano até o …

Cleiton Baumann

BRASÍLIA (Agência Brasil) – As exportações brasileiras somaram US$ 49,4 bilhões nos 91 dias úteis, do início do ano até o último dia 15 de maio. O resultado representa uma queda de 18,1% em relação aos US$ 58,4 bilhões registrados em igual período de 2008, que teve 88 dias úteis. No mesmo período, as compras brasileiras de produtos estrangeiros contabilizaram US$ 41,6 bilhões, com redução de 23,4% na comparação com importações de US$ 52,6 bilhões em 2008.
Os números foram divulgados hoje (18) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Externo (MDIC) e mais uma vez registram a tendência de menores quedas nas exportações que nas importações. Razão porque o saldo da balança comercial (vendas menos compras) no acumulado do ano, de US$ 7,7 bilhões, é 34,2% maior que no mesmo período do ano passado.
Em função desses números, a pesquisa semanal do Banco Central com instituições financeiras para acompanhar as tendências do mercado tem melhorado gradativamente a expectativa em relação ao saldo comercial do ano. A estimativa de janeiro para o saldo anual era de US$ 14 bilhões, e no boletim divulgado hoje a projeção sobe para US$ 18,15 bilhões.
Houve, contudo, uma mudança nas duas primeiras semanas de maio, com as exportações apontando queda maior que as importações, em relação à média diária de maio do ano passado. As vendas de produtos brasileiros foram 38,4% menores, enquanto as importações caíram 35,7%.
Na comparação dos dez primeiros dias úteis de maio deste ano com o mês completo de maio do ano passado houve forte declínio de vendas nas três categorias de produtos: semimanufaturados (-45,1%), básicos (-37,2%) e manufaturados (-36%). O Brasil vendeu menos óleo de soja, celulose, derivados de petróleo e de ferro, carnes, automóveis, aviões, autopeças, etanol, calçados, couros, peles e outros.
Nas importações deste mês, comparadas a maio de 2008, os brasileiros gastaram menos na compra de adubo e fertilizante (-74,2%), combustíveis e lubrificantes (-47,7%), químicos orgânicos e inorgânicos (-34,5%), instrumentos de ótica e precisão (-33,9%) e equipamentos elétricos/eletrônicos (-31,9%).
 

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui