26.4 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Cheque especial foi principal motivo de aumento da inadimplência, diz BC

Data:

Cheque especial foi principal motivo de aumento da inadimplência, diz BC
O cheque especial foi o principal responsável pelo aumento da inadimplência para as famílias (pes …

Cleiton Baumann

BRASÍLIA (Agência Brasil) – O cheque especial foi o principal responsável pelo aumento da inadimplência para as famílias (pessoas físicas), segundo avaliação do chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes. “O cheque especial tem evidentemente uma taxa muito elevada. É a modalidade mais cara de crédito [167,8% ao ano, registrados em maio]. Isso evidentemente compromete muito a renda”, afirmou Lopes.
No caso do cheque especial, a inadimplência subiu, de abril para maio deste ano, de 10% para 10,8%, a maior taxa da série histórica do BC iniciada em julho de 1994. No total, a inadimplência para as pessoas físicas subiu de 8,4% para 8,6%, também a maior da série. Segundo dados divulgados pelo BC, a taxa geral de inadimplência passou de 5,2% para 5,5% de abril para maio, a maior desde setembro de 2000 (5,7%). Para as pessoas jurídicas (empresas), no mesmo período, o percentual passou 2,9% para 3,2%.
De acordo com Lopes, o aumento da inadimplência ocorre por conta da redução da oferta de crédito, resultado da crise financeira internacional. Com isso, as famílias e empresas tiveram dificuldades para renovar os empréstimos e honrar os compromissos. Mas, para Lopes, a expectativa é que inadimplência caia com a recuperação da oferta de crédito. A inadimplência corresponde ao percentual em atraso acima de 90 dias em relação ao total.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui