30 C
Timbó
quarta-feira, 24 de abril de 2024

Com recursos do Governo do Estado, Tecnova 3 vai destinar R$ 30 milhões para apoiar a inovação em empresas

Data:

Os recursos serão provenientes do edital de chamada pública 11/2024 do Programa Tecnova 3, desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em conjunto com a com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep)

Nesta terça-feira, 26, o governador Jorginho Mello, oficializou o aporte estadual de mais de R$ 30 milhões para as micro, pequenas e médias empresas investirem no desenvolvimento de produtos, bens, serviços e processos inovadores. Os recursos serão provenientes do edital de chamada pública 11/2024 do Programa Tecnova 3, desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em conjunto com a com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep)

- Publicidade -

Santa Catarina é, mais uma vez, referência quando se fala em investimentos públicos voltados para inovação. Nesta terça-feira, 26, o governador Jorginho Mello, oficializou o aporte estadual de mais de R$ 30 milhões para as micro, pequenas e médias empresas investirem no desenvolvimento de produtos, bens, serviços e processos inovadores. Os recursos serão provenientes do edital de chamada pública 11/2024 do Programa Tecnova 3, desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em conjunto com a com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

“O estado de Santa Catarina é um estado de gente que empreende, com uma indústria arrojada, com a prestação de serviço qualificada. E o mundo tecnológico chegou, tem que ter conhecimento, tem que ter tecnologia, tem que ter inovação e Santa Catarina está preparado para isso. É por isso que eu tô muito feliz em participar de um evento como esse, o lançamento do Tecnova 3”, disse o governador Jorginho Mello.

O lançamento do Tecnova 3 ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis. O Tecnova é um programa de apoio à inovação promovido pela Finep em todo o Brasil. Em Santa Catarina, a Fapesc é responsável pela sua execução. Os interessados em submeter propostas no edital 11/2024 poderão fazer pelo sistema SIGFapesc até 27 de maio de 2024.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Fett, afirma que a iniciativa é uma diretriz do governo desde o primeiro dia de trabalho. “É mais uma iniciativa importante do governador Jorginho Mello, que tem demonstrado a sua preocupação em criar um novo ciclo de desenvolvimento econômico do Estado de Santa Catarina tendo a inovação como o pilar fundamental. Foi assim quando ele resolveu criar a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, foi assim quando ele começou a criar vários outros programas como Pronampe Inovação, como a revisão do Prodec, que facilita com que as empresas tenham acesso a investimentos para Ciência, Tecnologia, pesquisa desenvolvimento e inovação. E agora com Tecnova3 , com o maior orçamento da história, como mais um mecanismo para que as empresas possam efetivamente investir em inovação”, explicou o secretário.

O presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto, afirma que a terceira edição do edital do Tecnova é um momento histórico para Santa Catarina. Segundo ele, o fato de Santa Catarina, ao lado do Paraná, ter o maior orçamento do Brasil para o programa (cada um com subvenção econômica de R$ 30.120.000,00) reforça a importância do estado no cenário nacional. “Isso mostra toda a dinâmica e toda a grandeza do nosso ambiente de inovação. Escolhemos, em parceria com a Finep, promover um edital de mais de R$ 30 milhões para empresas que querem lançar produtos, entrar em novos mercados ou mesmo internacionalizar o seu negócio. Estas micro, pequenas e médias empresas terão suporte do Governo do Estado através desse edital da Fapesc”, salienta.

Já a diretora de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc, Valeska Tratsk, chama a atenção para a diversidade de projetos que o Programa irá beneficiar, uma vez que está aberto à participação de empresas que faturaram até R$ 16 milhões em 2023. “O Tecnova 3 vai incluir empresas em diversos estágios: de startups no começo de seu trabalho até empresas já consolidadas. Esperamos projetos nas mais diferentes áreas envolvendo a inovação. O objetivo é apoiar e reconhecer os esforços dos catarinenses que colaboram para colocar o estado em cenário de destaque quando o assunto é criatividade, tecnologia e inovação”.

Apoio a quem inova

Quem já participou da edição passada e vem colhendo frutos da ajuda é a Beatriz Veleirinho, sócia da NanoScoping, empresa que fabrica e comercializa ativos nanotecnológicos para diferentes segmentos de mercado. “A Fapesc e o Governo do Estado tem sido parceiros muito importante desde a fundação da empresa. A Fapesc, através da sua ampla rede de players no estado de Santa Catarina, consegue nos proporcionar uma divulgação por meio de matérias, de eventos que promove, de mentorias nos seus programas de capacitação, desses editais também em que a gente participa e tem trazido bastante networking, visibilidade e reconhecimento. Isso traz credibilidade, interação com grandes industrias e é fundamental pro nosso crescimento. Porque empresas com um caráter tecnológico complexo como a nossa não conseguem se desenvolver sem esse tipo de parceria”, conta Beatriz.

No lançamento do Programa Tecnova 3, o presidente da Fiesc, Mário Cezar de Aguiar, pontuou que a indústria busca sempre o que há de novo para evoluir. “Quero agradecer ao governador Jorginho Mello que disponibiliza recursos importantes e tempo necessário para que a nossa economia seja cada vez mais inovadora. A indústria para ser competitiva tem que ser inovadora. Então nada mais importante do que discutir inovação aqui em Santa Catarina”.

A programação do lançamento do Tecnova 3 contou ainda com a palestra do executivo da Finep, Marcelo Camargo, apresentação de cases de projetos beneficiados na segunda edição do programa e feira de negócios das empresas do Tecnova 2.

Repasse de recursos em Santa Catarina entre os maiores do Brasil

O valor dos recursos repassados pelo Tecnova 3 será maior que a soma dos dois editais anteriores. Além disso, neste ano, Santa Catarina e Paraná serão os estados brasileiros a repassarem o maior volume de recursos (cada um com subvenção econômica de R$ 30.120.000,00). A chamada pública é aberta para a participação de empresas que faturaram de zero até R$ 16 milhões em 2023.

Os projetos submetidos para o processo de seleção do Programa Tecnova 3 devem solicitar valores de, no mínimo, R$ 477 mil e, no máximo, R$ 702 mil. As empresas beneficiadas darão um percentual mínimo de contrapartida, de acordo com a sua receita operacional bruta em 2023.

Juntos, o Tecnova 1 e 2, beneficiaram 80 projetos de empresas com sede em Santa Catarina. Para a terceira edição, o número de propostas selecionadas também aumentará, podendo chegar a 60. Outra novidade do programa para 2024 é que além do valor de subvenção econômica principal, cada empresa poderá optar por receber recursos de até R$ 75 mil para investir em aceleração e até R$ 27 mil para utilizar em projetos de internacionalização.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui