18.3 C
Timbó
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Comércio varejista tem crescimento de 4,4% no primeiro trimestre do ano

Data:

Vendas de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos impulsionaram as vendas

O volume de vendas no varejo restrito cresceu 0,3% em março, frente a fevereiro, fechando o primeiro trimestre do ano com alta de 4,4%, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada pelo IBGE. O crescimento no mês foi menos expressivo em comparação com fevereiro deste ano, quando as vendas tiveram alta de 1,7% no estado. Em comparação com o mesmo mês de 2023, o crescimento foi de 5,7%. Além disso, no acumulado dos últimos 12 meses, houve um crescimento de 2,7%.

- Publicidade -

Confira os principais dados de SC e do Brasil

 As vendas do comércio catarinense cresceram 0,3% em março, considerando os ajustes sazonais. No
Brasil, as vendas ficaram estáveis no mês;
 Frente ao mesmo mês do ano anterior, o crescimento foi de 5,7%, tanto no estado quanto no país. No
estado, a alta foi influenciada pelo aumento de 18,1% nas vendas de outros ‘artigos de uso pessoal e
doméstico’;
 As receitas nominais caíram 0,3% no estado e cresceram 0,7% no país, considerando os ajustes sazonais;
 Frente ao mesmo mês do ano anterior, as receitas cresceram 8% em Santa Catarina e 8,5% no Brasil. O
aumento de 17,9% das receitas de ‘artigos farmacêuticos e médicos’ impulsionaram o resultados do estado.

Acumulado do ano e acumulado em 12 meses:
 No trimestre, as vendas do comércio catarinense cresceram 4,4%. No Brasil, a expansão foi de 5,9%;
 O aumento de 11,8% nas vendas de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e
cosméticos’ impulsionou o resultado do comércio catarinense no trimestre;
 As receitas em Santa Catarina cresceram 6,6% e 8,2% no Brasil nesse período;
 No acumulado em 12 meses, as vendas cresceram 2,7% em Santa Catarina e 2,5% no Brasil.

Varejo Ampliado


 As vendas do varejo ampliado de SC recuaram 0,8% em março, considerando os ajustes sazonais. As
receitas caíram 1,3%;
 Frente ao mesmo mês do ano anterior, a queda também foi de 0,8%. No Brasil, as vendas caíram 1,5%. A
queda em Santa Catarina foi influenciada, principalmente, pela redução de 12% nas vendas de materiais de
construção;

Acumulado do ano e acumulado em 12 meses:

 No trimestre, as vendas do varejo ampliado catarinense cresceram 4,1%. No Brasil, a expansão foi de
4,6%. Em SC, a alta foi influenciada pelo aumento de 7,1% nas vendas de ‘veículos, motocicletas, partes e
peças’;
 As receitas em Santa Catarina cresceram 5,2% e 6,6 % no Brasil nesse período;
 No acumulado em 12 meses, as vendas cresceram 3,6% em Santa Catarina e 2,9% no Brasil.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui