14.4 C
Timbó
terça-feira, 25 de junho de 2024

Economistas apostam em dólar a R$ 2 até o final de 2009, diz pesquisa do BC.

Data:

Economistas apostam em dólar a R$ 2 até o final de 2009, diz pesquisa do BC.
Também houve mudanças nas previsões para a taxa básica de juros. …

Thomas Erbacher

BRASÍLIA (Agência Brasil) – Segundo a pesquisa semanal Focus, divulgada ontem pelo Banco Central ? BC, até a semana passada, as previsões para o final do ano para o Dólar eram de R$ 1,95 e R$ 1,90, respectivamente. Para o final de novembro, a estimativa é que a moeda norte-americana recue dos atuais R$ 2,16 para R$ 2,10. Também houve mudanças nas previsões para a taxa básica de juros. Na semana passada, o Copom (Comitê de Política Monetária do BC) decidiu manter a taxa Selic inalterada em 13,75% ao ano.

Os economistas esperam agora que o Copom também mantenha os juros estáveis na reunião de dezembro, a última deste ano. Para o final de 2009, a média das previsões recuou de 13,50% para 13,38% ao ano. Em relação ao crescimento da economia, foi mantida a previsão de uma expansão de 5,23% neste ano. A expectativa para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas) em 2009 caiu de 3,1% para 3,0%. O governo ainda prevê um crescimento de até 4,5% no próximo ano e uma expansão de até 5,5% neste.

- Publicidade -

Inflação

Em relação à inflação, a expectativa para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) em 2008, que serve como meta para o BC, passou de 6,29% para 6,31%. A estimativa para a inflação para os próximos 12 meses passou de 5,27% para 5,32%. A meta de inflação é de 4,5%, podendo chegar a 6,5% no intervalo de tolerância (teto da meta). Para o próximo ano, a taxa prevista subiu de 5,00% para 5,06%. A previsão para outros índices de inflação em 2008 também teve alta na pesquisa.

A expectativa do mercado para o IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) subiu de 10,59% para 10,61%; o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) teve a previsão aumentada de 10,65% para 10,92%. O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômica) ficou em 6,44%. Para 2009, a previsão para o IGP-DI subiu de 5,57% para 5,70%. A do IGP-M ficou em 5,50%. A do IPC-Fipe está em 4,70%.

Outros indicadores

A estimativa para o saldo da balança comercial em 2008 ficou em US$ 24 bilhões. Para 2009, passou de US$ 12,50 bilhões para US$ 13,05 bilhões. A expectativa para o déficit em conta corrente neste ano subiu de US$ 29 bilhões para US$ 30 bilhões. Para 2009, passou de US$ 33,20 bilhões para US$ 32,10 bilhões. Foi mantida a expectativa de investimentos estrangeiros diretos de US$ 35 bilhões em 2008 e US$ 30 bilhões em 2009. A previsão para a relação dívida/PIB neste ano ficou em 40%. Para 2009, em 39%.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui