22.5 C
Timbó
sábado, 13 de abril de 2024

Em setembro, Estado cria mais de 12 mil vagas de emprego.

Data:

Em setembro, Estado cria mais de 12 mil vagas de emprego.
Este foi o nono mês consecutivo com resultado positivo. …

Thomas Erbacher

FLORIANÓPOLIS – Em setembro de 2008 foram gerados 12.374 novos postos de trabalho no Estado, correspondendo a um crescimento de 0,80% em relação ao estoque de emprego do mês anterior. Este foi o nono mês consecutivo com resultado positivo e o segundo maior saldo líquido da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) para o mês de setembro, superado apenas pelo resultado obtido em 2004 (+13.342 vagas ou +1,12%). Convém ressaltar que este resultado é muito próximo do saldo líquido de emprego verificado em agosto (+12.151 postos).

Os dados foram divulgados pelo Sistema Nacional de Emprego – Sine/SC, vinculado a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação. Nos primeiros nove primeiros meses de 2008, o estoque de empregos formais elevou-se em 6,10%3, representando o incremento de 88.926 postos de trabalho, o maior saldo registrado nesse período em todos os anos da série do Caged, situando-se 13,2% acima do recorde anterior verificado também em 2004 (+78.572 postos ou +7,00%). Nos últimos 12 meses, foram registrados pela segunda vez na série do Caged, a geração de empregos celetistas superior a 100 mil (+103.855 postos ou +7,18% ).

- Publicidade -

Com exceção dos Serviços Industriais de Utilidade Pública, todos os demais setores expandiram o número de assalariados com carteira assinada em setembro de 2008. Em termos absolutos, o setor de Serviços foi o setor de atividade econômica que mais contribuiu para o comportamento positivo do emprego no mês, apresentando saldo de 4.475 novas ocupações formais (+0,94%). Em números absolutos, os ramos que mais contribuíram para o desempenho favorável do setor de Serviços foram o segmento de Alojamento e Alimentação, Reparos e Manutenção, que respondeu pela geração de 1.728 vagas, seguido do ramo de Comércio, Administração de Imóveis e Serviços Técnico-Profissionais, com 1.022 vagas.

A Indústria de Transformação oportunizou a geração de 3.411 vagas. Este resultado é 36,3 % inferior ao obtido em igual mês do ano passado quando a expansão do emprego industrial foi de 0,97% e propiciou a geração de 5.351 postos de trabalho. Os ramos industriais que mais contribuíram para o desempenho favorável no mês de setembro foram, em números absolutos, os segmentos da Indústria Têxtil e Vestuário (+1.291 postos ou +0,82%) e a Indústria de Produtos Alimentícios e Bebidas (+727 postos ou +0,66%). Em apenas três subsetores industriais os desligamentos superaram as contratações: Indústria de Material de Transporte (-126 vagas), Indústria da Madeira e do Mobiliário (-85 vagas) e Indústria da Borracha, Couro e Fumo (-66 vagas).

Devido a dificuldades de inserção no mercado internacional, a Indústria da Madeira e Mobiliário, já desativou 4.712 vagas nos últimos doze meses ou cerca de 12,7 mil vagas se considerarmos os últimos 3 anos. O Comércio também se sobressaiu em setembro, respondendo pelo saldo positivo de 2.545 empregos (+0,81%), um resultado próximo ao verificado em igual mês do ano passado (+2.575 postos ou +0,88%). Proporcionalmente, a Construção Civil foi o setor de atividade econômica que apresentou o melhor desempenho no mês, com crescimento de 1,67% e geração de 1.066 postos de trabalho, resultado muito superior ao verificado em setembro do ano passado (+387 vagas ou +0,75%).

Convém destacar, que a Construção Civil impulsionada pelo crédito habitacional e o início das obras de infra-estrutura, propiciou a geração de 12.459 empregos nos primeiros nove meses do ano. Este resultado é mais que o dobro do verificado em igual período do ano passado, quando foram geradas 6.127 vagas. Nos últimos doze meses foi também o setor de atividade econômica que, em termos proporcionais, exibiu o maior crescimento no contingente de trabalhadores com carteira assinada (23,86%), possibilitando a criação de 12.445 empregos.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui