14.4 C
Timbó
domingo, 21 de julho de 2024

Emprego na indústria catarinense cresce 3,36% de janeiro a agosto.

Data:

Emprego na indústria catarinense cresce 3,36% de janeiro a agosto.
O nível de emprego nas médias e grandes indústrias de Santa Catarina aumentou 3,36%. …

Thomas Erbacher

FLORIANÓPOLIS – O nível de emprego nas médias e grandes indústrias de Santa Catarina aumentou 3,36% no acumulado de janeiro a agosto deste ano. Os dados, divulgados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina ? Fiesc, constam em pesquisa realizada pela entidade com 355 empresas industriais do Estado. Apesar do bom resultado nos oito primeiros meses do ano, em agosto, o nível de emprego ficou praticamente estável, com uma variação positiva de 0,06% em relação a julho. No período de 12 meses até agosto, o crescimento dos empregos foi de 3,42%.

No acumulado do ano, puxaram o incremento dos empregos industriais em Santa Catarina os setores de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (alta de 10,56%), veículos automotores (incremento de 9,9%), metalurgia básica (9%), produtos de metal (8,18%), produtos têxteis (6,72%) máquinas e equipamentos (4,88%) e alimentos (alta de 2,53%).

- Publicidade -

Os dois setores com pior resultado no saldo entre contratações e demissões este ano foram o de produtos de madeira, com redução de 4,69%, e de artigos do mobiliário, que registrou queda de 9,97%. Os números deste ano mantêm o desempenho negativo já registrado em 2007, quando o nível de emprego dos dois segmentos caiu, respectivamente, 8,61% e 13,3%. Esses dois setores já vinham sofrendo com a queda na cotação do dólar, que afeta as exportações. A crise do setor imobiliário nos Estados Unidos, historicamente o principal mercado externo desses segmentos, aprofundou as dificuldades dos produtores catarinenses.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui