15.9 C
Timbó
sexta-feira, 19 de julho de 2024

País economizou em maio R$ 13,2 bilhões para honrar compromissos.

Data:

País economizou em maio R$ 13,2 bilhões para honrar compromissos.
A economia do setor público (União, estados, municípios e empresas estatais) para honrar compromi …

Thomas Erbacher

BRASÍLIA (Agência Brasil) – A economia do setor público (União, estados, municípios e empresas estatais) para honrar compromissos financeiros, o superávit primário, chegou a R$ 13,207 bilhões, em maio deste ano, segundo o Banco Central. O superávit primário de maio foi maior do que o registrado no mesmo período do ano passado (R$ 9,295 bilhões) e menor do que o apurado em abril deste ano (R$ 18,712 bilhões).

Em maio, o governo central (governo federal, Banco Central e Previdência) contribuiu com R$ 4,916 bilhões para o resultado. As empresas estatais economizaram R$ 4,586 bilhões e os governos regionais (estaduais e municipais), com R$ 3,704 bilhões.No acumulado até maio, União, estados, municípios e estatais fizeram um superávit primário de R$ 74,950 bilhões, ou 6,55% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. No mesmo período do ano passado, o superávit primário foi de R$ 60,027 bilhões ou 5,89% do PIB.

- Publicidade -

Em maio, o pagamento de juros chegou a R$ 16,173 bilhões, contra R$ 16,747 bilhões registrados no mesmo mês do ano passado. De janeiro a maio, o pagamento de juros foi de R$ 71,031 bilhões, contra R$ 67,884 bilhões registrados no mesmo período de 2007.No mês, as receitas menos despesas, incluídos o pagamento de juros, gerou déficit nominal de R$ 2,966 bilhões. Entretanto, no acumulado do ano, as receitas foram maiores do que as despesas, ou seja, houve superávit nominal de R$ 3,919 bilhões. De janeiro a maio de 2007, foi registrado déficit nominal de R$ 7,857 bilhões.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui