18.7 C
Timbó
sexta-feira, 21 de junho de 2024

Petróleo fecha abaixo de US$ 130 pela primeira vez desde maio.

Data:

Petróleo fecha abaixo de US$ 130 pela primeira vez desde maio.
O preço do petróleo fechou ontem abaixo dos US$ 130, o que não ocorria desde maio, afetado pela v …

Thomas Erbacher

SÃO PAULO (Folha online)– O preço do petróleo fechou ontem abaixo dos US$ 130, o que não ocorria desde maio, afetado pela venda expressiva de contratos futuros de gás natural. A preocupação dos investidores sobre a economia americana também afetou as cotações. O barril do petróleo cru para entrega em agosto, negociado na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York, na sigla em inglês), estava cotado a US$ 129,29 (baixa de 3,94%). O valor máximo atingido pelo barril ontem foi de US$ 136,75.

?O mercado está agindo de modo muito diferente do que se viu ao longo de toda essa temporada de altas?, disse à agência de notícias Associated Press (AP) o presidente da Liberty Trading Group e do site OptionSellers.com, James Cordier. ?Acho que é porque os fundamentos do mercado estão finalmente mudando de extremamente favoráveis para levemente desfavoráveis. Mas ?levemente desfavoráveis? é o suficiente para inverter o mercado?.

- Publicidade -

Os contratos futuros de gás natural para entrega em agosto chegaram a cair ontem 8,2% ?maior recuo em quase um ano (a maior queda antes foi registrada em 20 de agosto do ano passado, 13,8%). Segundo a EIA (Administração de Informações sobre Energia, divisão do Departamento de Energia dos EUA), os estoques do produto estão em níveis considerados adequados, o que afasta o temor de escassez. A queda no preço do gás natural foi vista, no entanto, como mais um sinal de redução da demanda nos EUA devido à desaceleração da economia ?o que acabou por refletir também no preço do petróleo.

Com o recuo de ontem, o preço da commodity já recuou mais de US$ 17 em relação ao recorde atingido na sexta-feira (11), US$ 147,27. O preço vinha subindo afetado pela tensão entre Israel e Irã, devido ao programa nuclear deste último. Com a divulgação do relatório de reservas de petróleo americanas ontem, o preço da commodity passou a recuar ? anteontem já havia atingido um mínimo de US$ 132.

Segundo o Departamento de Energia dos EUA, o estoque americano de petróleo cresceu em 3 milhões de barris na semana passada, contra uma expectativa de queda de 3 milhões de barris, segundo analistas. As reservas de gasolina do país, por sua vez, cresceram em 2,4 milhões de barris, contra uma previsão de queda de 1,1 milhão de barris.

A notícia de que instalações da Agip ?unidade da empresa italiana Eni? na Nigéria sofreram ataques de grupos armados não chegou a mexer com o mercado. A empresa informou, por sua vez, que devido a um defeito nas instalações, a produção foi interrompida temporariamente.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui