21.1 C
Timbó
quarta-feira, 12 de junho de 2024

Redução do IPI manteve entre 50 mil e 60 mil empregos no país

Data:

Redução do IPI manteve entre 50 mil e 60 mil empregos no país
A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) teve um efeito satisfatório sobre a ec …

Cleiton Baumann

BRASÍLIA – A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) teve um efeito satisfatório sobre a economia brasileira ao manter 50 mil a 60 mil postos de trabalho diretos e indiretos no primeiro semestre de 2009. Essa é uma das principais conclusões da nota técnica Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis, apresentada na Fecomércio de São Paulo. Um dos setores mais beneficiados com a redução do IPI foi o da construção civil.
Os números apresentados na Fecomércio foram revelados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Entre janeiro e junho, 1,420 milhão de veículos (automóveis e comerciais leves) foram vendidos no país. Destes, 191 mil podem ser atribuídos à medida de redução do IPI. Ou seja, 13,4% do que foi vendido é atribuído à redução do imposto.
O estudo revelou ainda que a queda nas alíquotas do IPI fez a arrecadação encolher em R$ 1,8 bilhão. No entanto, a mesma decisão, ao elevar a venda de veículos, levou à arrecadação de mais US$ 1,2 bilhão. Portanto, o chamado custo de desoneração da queda do IPI foi de R$ 559 milhões. A redução do IPI foi de 100% sobre carros de mil cilindradas e de 50% sobre carros entre mil e duas mil cilindradas. Uma redução semelhante das alíquotas também se aplicou aos veículos do tipo picape. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), as vendas internas de automóveis foram fortemente afetadas pela crise econômica, sofrendo redução de quase 49% entre julho e novembro de 2008.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui