23 C
Timbó
terça-feira, 16 de abril de 2024

Santa Catarina bate recorde na geração de empregos, aponta Caged

Data:

Santa Catarina bate recorde na geração de empregos, aponta Caged
Santa Catarina criou 12.717 empregos celetistas em setembro, o que corresponde a um crescimento de 0 …

Cleiton Baumann

BRASÍLIA/FLORIANÓPOLIS – Santa Catarina criou 12.717 empregos celetistas em setembro, o que corresponde a um crescimento de 0,80% em relação ao estoque de assalariados do mês de agosto. Em termos absolutos foi o melhor resultado de toda a série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), para o período. Os dados foram divulgados pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. De janeiro a setembro deste ano foram gerados 41.561 postos de trabalho celetistas em Santa Catarina (+2,67%). Nos últimos 12 meses foi verificado crescimento de 1,69% no nível de emprego formal: mais 26.541 catarinenses com carteira assinada.
Setores
Seguindo a tendência nacional, em setembro, a Indústria de Transformação gerou o maior número de vagas no estado: 4.815, seguida pelo Setor de Serviços (3.919) e do Comércio (3.452).

Municípios
Entre os municípios com mais de 30 mil habitantes, Joinville foi quem mais gerou empregos formais, este mês: 2.091, variação de 1,35%. Blumenau (818, variação de 0,72%), Chapecó (691, variação de 1,23%), São José (574, variação de 0,76%) e Brusque (550, variação de 1,31%) estão entre os municípios catarinenses com mais de 500 vagas geradas, em setembro.

Regiões
Os dados do Caged mostram que as cinco regiões geográficas do país registraram aumento na geração de empregos, no mês de setembro. No entanto, a Região Nordeste, impulsionada pelas usinas de cana-de-açúcar, registrou a maior geração ee emprego do mês: 10.442 novas vagas. O resultado representa o segundo melhor saldo para o mês de setembro e o terceiro maior saldo e toda a série do Caged.
Brasil
No mês de setembro, foram criados no Brasil 252.617 empregos com carteira assinada, melhor saldo do ano e segundo maior para o mês na série histórica do Caged. Com o resultado, o saldo de 2009 chega a 932.651 empregos formais. No país há 32.925.953 trabalhadores celetistas, maior estoque da história.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui