18.7 C
Timbó
sexta-feira, 21 de junho de 2024

Marcha Atlética: Claudio Richadson leva o penta da Copa Brasil Caixa de Marcha

Data:

Marcha Atlética: Claudio Richadson leva o penta da Copa Brasil Caixa de Marcha
Sob forte calor, atleta potiguar percorreu os 50 Km em 4h04min46seg e conquistou o seu quinto títul …

Thomas Erbacher

Timbó – A disputa dos 50 km masculino da Copa Brasil Caixa de Marcha 2009 foi realizada na manhã deste domingo (15), em circuito de 2 km montado no início da SC-417 (Timbó/RDC), com temperatura próxima a 30 graus na chegada e umidade de 50%.

Principal favorito, o potiguar de Currais Novos, Claudio Richardson dos Santos – que competiu como convidado da CBAt – conquistou o pentacampeonato. Aos 31 anos, ele fez os 50 km em 4:04:46, o melhor tempo que já obteve na Copa Brasil, competição que venceu também em 2000, 2001, 2002 e 2003. Seu recorde pessoal, porém, é 4:00:24, marca que obteve com o 30º lugar na Copa do Mundo de Marcha, disputada em Cheboksary, na Rússia, em 2008, quando ficou a 24 segundos do Índice A para os Jogos de Pequim. No PAN 2007, no Rio de janeiro, ele completou a prova em 7º lugar, com 4:14:38. \”Acho que fiz boa prova\”, disse o atleta, que treina com Judson José de Lima. \”Estou sem clube (competiu pela Rede Atletismo em 2008), então competi como convidado da Confederação\”, continuou Cláudio. \”Mas estou feliz com a classificação para a Copa Pan-Americana (em El Salvador, dias 28 e 29 de abril). Sei que será difícil, mas vou lutar pelo Índice A Mundial de Berlim (3:58:00)\”, completou. O vice-campeão, Rafael Fontenelle Duarte (com 4:10:50), e o ganhador da medalha de bronze, Sidinei Rodrigues (com 4:42:18), foram os únicos que completaram os 50 km. Até o km 30, tiveram o timboense José Alessandro Bagio como adversário. Depois, Bagio (14º nos 20 km nos Jogos de Pequim) parou, e só os três primeiros permaneceram na disputa. ?Nada deu certo pra mim. Não era o meu dia. Já no inicio da prova parecia que carregava um trem!?, explicou Bagio, de forma desolada e triste pelo abandono. ?Queria terminar a prova de qualquer jeito, mas infelizmente não deu!?, finalizou. \”Os mexicanos dizem que o atleta só pode se considerar um marchador quando completa seu primeiro 50 km\”, brincou o vice-campeão Rafael Duarte. \”Acho que me sai bem, e penso que devo o bom resultado à boa base de treinamento para os 20 km\”, explicou o carioca de 25 anos, radicado em Brasília. Treinado por Valtinho Pereira da Silva, venceu uma leucemia, que o afastou das pistas por dois anos. Até o ano passado, ele competia pelo Caso, da capital federal. Rafael acha que poderá obter uma vaga nos 20 km na Copa Pan-Americana e fazer o Índice A para o Mundial de Berlim (1:22:30). O 3º colocado, Sidnei Rodrigues, compete pela tradicional equipe de Blumenau (Adeblu) e treina com Ivo da Silva.

- Publicidade -

As demais provas da Copa Brasil Caixa de Marcha 2009 serão disputadas em 11 e 12 de abril, em local a ser proximamente anunciado. A etapa dos 50 km foi uma realização da CBAt e da Federação Catarinense, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Prefeitura de Timbó, através da FME.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui