29.2 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

O tri é nosso!

Data:

O tri é nosso!
O Brasil, depois de perder o primeiro tempo por 2 a 0, vira o placar para cima dos EUA em 3 a 2, e c …

Cleiton Baumann

ÁFRICA DO SUL – O futebol pentacampeão mundial agora é também tricampeão da Copa das Confederações. A inédita conquista ocorreu neste domingo, na África do Sul, na decisão da competição da Fifa, depois do Brasil vencer, de virada, aos Estados Unidos, por 3 a 2. A Seleção de Dunga passou por um susto no primeiro tempo, quando chegou a estar perdendo por 2 a 0. Na primeira etapa, foi um time irreconhecível, dominado facilmente pelos americanos. Porém, no segundo tempo, com espírito renovado e bom futebol os brasileiros deram show. A Seleção Brasileira começou atacando, insistindo nos cruzamentos com Maicon, pela direita. O Brasil, que antes da partida pregava calma para sair nos contra-ataques, provou do próprio veneno. Aos 10 minutos, cruzamento rasteiro pela esquerda, Dempsey surgiu livre no meio da área brasileira. Com um toque fraco, leve e despretensioso, em falha de posicionamento da defesa, o americano abriu o placar: 1 a 0.
O primeiro chute realmente perigoso do Brasil saiu dos pés do volante Felipe Melo. Aos 24 minutos, um potente chute de fora da área. O goleiro Howard, um dos destaques americanos, defendeu. Aos 27, os americanos armaram um contra-ataque contra apenas dois marcadores brasileiros, Ramires era o último homem. Donovan não precisou fazer esforço para se livrar do meia, ficar de frente para o goleiro Julio Cesar e marcar. 2 a 0 para EUA.

Recuperação
Logo no início do segundo tempo, Maicon tocou para Luis Fabiano, que recebeu na área, girou o corpo e chutou sem chances para o goleiro Howard, 2 a 1. Aos 15 minutos, Kaká tentou de cabeça, o goleiro tirou a bola de dentro do gol. Os brasileiros pediram a confirmação. O juiz mandou seguir o lance. Aos 29 minutos, Kaká recebeu na esquerda, pedalou, cruzou, Robinho sozinho perdeu um gol inacreditável, chutando no travessão a bola sobrou para o iluminado Luis Fabiano que, de cabeça, conseguiu balançar a rede. 2 a 2. Com o jogo nas mãos, o gol era questão de tempo. Aos 39 minutos, cruzamento de Elano, Lúcio foi no 5º andar e fez o gol da virada: 3 a 2 para o Brasil.
O público total da competição foi de 584.894 espectadores (36.556 de média) segundo dados estatísticos oficiais divulgados pela Fifa. O Brasil foi referência da premiação ao ganhar o título e as nomeações mais destacadas, como a de melhor jogador para Kaká e o de artilheiro para Luís Fabiano, com cinco gols. O Brasil fez 14 dos 44 gols marcados na competição, o que dá uma média de 2,75 por encontro, enquanto Iraque e Nova Zelândia não marcaram.A Espanha terminou em terceiro lugar, após vencer a África do Sul por 3 a 2. O Brasil – que também ganhou o troféu de seleção mais disciplinada, ou seja, que levou menos cartões – ganhou os cinco jogos disputados.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui