22.5 C
Timbó
sexta-feira, 12 de abril de 2024

Timboense Doron Cattoni brilha no Verão Espetacular da Globo nas Escadarias de Santos

Data:

Timboense Doron Cattoni brilha no Verão Espetacular da Globo nas Escadarias de Santos
Filip Polc é o primeiro a completar o percurso em menos de um minuto. Entre as mulheres, Luana de O …

Cleiton Baumann

São Paulo – Com direito a recorde da prova, o eslovaco Filip Polc não deixou a festa brasileira ser completa na Descida das Escadas de Santos, evento do Verão Espetacular, neste domingo. Com a marca de 59s152, o ciclista foi o primeiro atleta a fazer o percurso em menos de um minuto e impediu o tricampeonato do paulista Wallace Miranda. Entre as mulheres, Luana de Oliveira confirmou o favoritismo: o 1m14s005 que demorou para descer os 417 degraus lhe rendeu o bicampeonato no segundo ano em que disputa a prova. O timboense Doron Cattoni também brilhou conquistando a quarta melhor colocação entre os mais de 100 pilotos  inscritos.

A descida 
Com a adoção de novos pisos de madeira, o traçado foi o mais rápido das oito edições do evento. O recorde da pista santista foi batido primeiro pelo australiano Mick Hanna, que bateu 1min01s352 no cronômetro na fase classificatória. Na semifinal masculina, o brasileiro Wallace Miranda baixou para 1m00s200. Na descida final, o eslovaco Polc alcançou a incrível marca de 59s152.
Apesar da conquista, o ciclista cruzou a linha de chegada lamentando as falhas que teria cometido durante o percurso. Já o timboense Cattoni,  apesar da 4ª colocação, exaltou sua participação da disputa.
– Não deu dessa vez, mas fico feliz em saber que estou entre os cinco melhores do mundo – afirmou.

Campeão em 2010, Filip Polc é o primeiro da história a fazer o percurso em menos de um minuto
Caçula entre as mulheres – tem apenas 18 anos – Luana foi a terceira a descer os 417 degraus na etapa final. Ex-praticante do bicicross, a menina de Itu não teve dificuldades para garantir seu segundo título na prova em duas participações. Mesmo assim ainda contou com a sorte, já que o pneu de Bruna Ulrich, dona do melhor tempo na semifinal, furou na última volta.

– Adorei meu tempo. No treino não tive oportunidade de fazer uma volta redonda. Hoje deu tudo certo. É segunda vez que eu ando aqui, segunda vez que sou campeã. Estou muito feliz – disse a vencedora.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui