21.2 C
Timbó
segunda-feira, 20 de maio de 2024

“Ciranda das Mulheres Sábias”

Data:

“Ciranda das Mulheres Sábias”

Foto: FOTOS/DIVULGAÇÃO/VEM

“A performance cênico-literária baseada no livro “Ciranda das Mulheres Sábias”, de Clarissa Estés, convida a plateia a um mergulho às memórias afetivas de mulheres que constituem a história de uma menina, e um encontro com narrativas vivas que permeiam a realidade da mulher na sociedade, unindo a ecos que ressoam das mesmas”. Com essas colocações a profissional Gilmara Mendes Goulart fala sobre o evento que aconteceu no Viva Espaço Multicultural (VEM) no Dia Internacional da Mulher, 8 de março.

Segundo ela o evento teve como objetivo relatar as vivências através do livro “Ciranda das Mulheres Sábias”, escrito pela psicóloga e contadora de histórias Clarissa Pinkola Estés. O livro foi publicado em 2011 e é uma coleção de contos e histórias que traz lições e sabedoria sobre o universo feminino.

- Publicidade -

As canções e textos foram interpretados pela contadora de histórias Gilmara Mendes Goulart e o artista Juan Lucca. A apresentação aconteceu durante o encontro para um chá repleto de sentidos, que viajam através das memórias que cada um carrega. “Todos os presentes foram convidados a pegar sua xícara e sentir o aroma que emana no ar. Sente-se, acalme seu coração, escute a voz e permita que ela ecoe em você…”.

Em entrevista os dois profissionais envolvidos na apresentação relatam que o livro é composto por 21 contos que exploram temas como amor, perda, maternidade, sabedoria ancestral, autoconhecimento entre outros. Cada história é seguida por comentários e reflexões da autora, que relaciona os contos com a sua própria experiência pessoal e profissional como psicóloga.

Gilmara conta que “Clarissa Estés é conhecida por suas obras que resgataram a sabedoria ancestral feminina e estimularam o empoderamento feminino. Em “Ciranda das Mulheres Sábias”, ela usa a metáfora da ciranda para representar a união das mulheres e transmição de sabedoria entre elas. O livro é uma leitura inspiradora e enriquecedora para mulheres de todas as idades que desejam se conectar com sua sabedoria interior e se fortalecer para enfrentar os desafios da vida”.

Na oportunidade os profissionais agradeceram a presença de cada um no evento, pois segundo eles, “afinal sem plateia não existe espetáculo. O VEM é um espaço onde a cultura toma vida. Temos quatro anos de vida, e oferecemos aulas de teatro, música, contação de história, dança. Além ainda de espetáculos como este à comunidade”, observa Gilmara ao destacar que “estou certa que assim como eu, vocês também sentem essa energia boa que o espaço emana; resultado este de todo amor, dedicação, estudo e pesquisa empenhados aqui. Temos muito a agradecer a toda a família VEM por isso, profissionais, alunos, familiares e em especial nossos padrinhos: Katia Maas, Auto Escola Quintino, Sonia Simone Sdrigotti, Instituto Juci Nones, ConeccedroRodrigo Piontkomski, Elo Comercial, Bruna Nicole Tafner Pasqualino e Mezadri Artes e Aromas”.

A performance cênico-literária foi apresentada Gilmara Goulart, artista, pesquisadora, idealizadora e diretora do VEM, ministrante do projeto Uni duni tê, e inspiração para muitos, junto dela seu fiel escudeiro, Juan Luca, profissional Vem; professor do grupo vocal mescla, com uma voz ímpar, esse menino traz muita maturidade para as suas aulas e espetáculos.

Após a apresentação muitos foram os elogios que a dupla recebeu: “que espetáculo maravilhoso. Fiquei encantada! Show! Que venham mais e mais espetáculos dessa grandeza”. “O espetáculo foi maravilhoso…..divino. Trouxe lembranças boas da época dos avós, dindos, tios. Minha imaginação e saudades foram a 1.000”. “Foi lindo. Parabéns. Trabalho maravilhoso. Sem palavras. Obrigada pela homenagem. Balançou as bases”. “Impecável o trabalho de vocês. Encantada!”

No final o jovem artista Juan Lucca destacou “Gilmara, você é a voz que me guia. Um eco essencial na minha vida. Estar lá no palco com você é a melhor sensação que podemos provar. Que possamos aproveitar muitas performances e que nossa voz ecoe por muito mais pessoas”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui