16.4 C
Timbó
sábado, 18 de maio de 2024

Ações de solidariedade em prol do povo gaúcho

Data:

As intensas chuvas que assolam o Rio Grande do Sul desde a semana passada já resultaram em 83 fatalidades e impactaram 364 dos 497 municípios do estado. Cerca de 129 mil indivíduos foram obrigados a abandonar suas residências, com 20 mil encontrando abrigo em locais de acolhimento, de acordo com o mais recente boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado às 12h de ontem, dia 6 de maio.

Estima-se que 850 mil pessoas tenham sido afetadas pelo evento climático extremo. O número de feridos totaliza 291, enquanto 111 pessoas permanecem desaparecidas. As cidades com o maior número de óbitos são Cruzeiro do Sul (oito), Gramado (sete), Veranópolis (cinco), Caxias do Sul (cinco), Lajeado (cinco) e Santa Maria (cinco). Até o momento, 67% dos municípios gaúchos encontram-se em situação de calamidade, afetando aproximadamente 884 mil pessoas sem acesso à água. Além disso, operadoras de telefonia e internet estão fora de serviço em dezenas de municípios.

- Publicidade -

O Climatempo emitiu um alerta de perigo extremo para o sul do estado, prevendo chuvas “frequentes e volumosas” no início desta semana, juntamente com ventos de até 85 km/h, com possibilidade de tempestades em Pelotas e na região da Campanha Gaúcha. A partir de amanhã, dia 8 de maio, a formação de um ciclone extratropical e de uma frente fria deverá aumentar a precipitação nas demais áreas do estado, com temperaturas podendo cair para até 10 °C em algumas regiões, conforme alerta do Comando Militar do Sul. O Comando, envolvido nas operações de socorro às vítimas, está buscando acelerar os esforços até terça-feira, considerando que a frente fria dificultará as operações de evacuação e aumentará o risco de hipotermia para aqueles aguardando resgate sob as condições climáticas adversas.

A atual crise no estado gaúcho tem gerado uma onda de solidariedade em diversos setores, incluindo órgãos estaduais, prefeituras, empresários e líderes de centenas de associações catarinenses. No Médio Vale do Itajaí, as prefeituras de Timbó, Benedito Novo e Indaial, juntamente com outras entidades, estão organizando campanhas de doações em apoio às vítimas das chuvas.

Campanhas de doações

Em Timbó, a campanha “SOS – Rio Grande do Sul” está solicitando doações de água potável, alimentos não perecíveis, materiais de higiene pessoal (especialmente fraldas e absorventes), produtos de limpeza, colchões e roupas de cama. As doações podem ser entregues até quinta-feira, dia 9 de maio, na Secretaria da Comunidade Luterana Cristo Redentor, localizada na rua Professor Julius Scheidemantel, 332, no Centro. A organização informa que, devido à urgência, os itens arrecadados até segunda-feira serão enviados hoje, dia 7 de maio, enquanto os demais serão encaminhados na sexta-feira, dia 10 de maio.

Em Indaial, a Prefeitura está conduzindo uma iniciativa semelhante, solicitando doações de produtos de limpeza, higiene pessoal, água, colchões e alimentos não perecíveis na Praça do Cidadão, situada na rua Marechal Deodoro da Fonseca, 675, no bairro Tapajós, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 13 às 17h.

Na mesma linha, a Prefeitura de Benedito Novo, em parceria com o Legislativo Municipal, está promovendo a campanha “Juntos Podemos Fazer a Diferença!” em apoio às vítimas do Rio Grande do Sul. A prefeita Arrabel Antonieta Lenzi Murara incentiva a comunidade a participar, destacando a importância de doações de materiais de higiene e limpeza, alimentos não perecíveis, água, absorventes, fraldas infantis e geriátricas. As doações podem ser feitas em todas as unidades de Saúde do município até quinta-feira, dia 9 de maio, assim como na Câmara de Vereadores e no CRAS.

Outras iniciativas

Além das iniciativas locais, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul estabeleceu a conta “SOS Rio Grande do Sul” no Banrisul para receber doações em dinheiro. Uma chave PIX (CNPJ: 92.958.800/0001-38) foi disponibilizada para que empresas e pessoas físicas possam contribuir de forma segura.

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/SC), em parceria com a CNDL, também está realizando uma campanha nacional em favor do Rio Grande do Sul, aceitando doações através da chave PIX: [email protected].

Além disso, a empresa Havan, do empresário Luciano Hang, decidiu destinar os excedentes de suas lojas às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. A Havan, que teve duas de suas lojas inundadas em Lajeado e Porto Alegre, está também realizando a arrecadação do “Troco Solidário” para o Rio Grande do Sul em todas as suas 176 megalojas em todo o Brasil.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui