20.6 C
Timbó
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Arquivo Histórico realiza visitas em escolas de Indaial

Data:

Arquivo Histórico realiza visitas em escolas de Indaial

Com o objetivo de levar aos estudantes um pouco da história de Indaial, através de uma conversa e também apresentação de slides contendo fotos antigas, documentos e objetos, deu- -se início ao “Arquivo Histórico vai às escolas”.

Os encontros tiveram início no mês de março, período em que o Arquivo Histórico Municipal Theobaldo Costa Jamundá iniciou as visitas nas escolas municipais, estaduais e particulares de Indaial.

- Publicidade -

“Desde o dia 6 de março, quando começou o projeto, eu visitei as escolas municipais Úrsula Kroeger, Tancredo Neves, Rudolfo Alfarth, Anna Alves Dias, Juvenal Carvalho e Ana Lúcia Hiendlmayer, além de atendermos uma turma de alunos na Comunidade São João Batista. E visitamos também a escola estadual Germano Brandes Júnior. Atendemos nas escolas as turmas do 4º ano do Ensino Fundamental, e algumas turmas do 3º ano e do 5º ano”, destaca o historiador Luiz Claudio Altenburg, responsável por ministrar os conteúdos.

Ao todo, 500 alunos já foram atendidos e outras escolas já estão agendadas para compor o cronograma de abril.

Nas palestras, são abordados os temas arquitetura e patrimônio cultural; bairros de Indaial; colonização de Indaial; Estrada de Ferro Santa Catarina; igrejas; pontes e história da cidade.

Segundo Altenburg, essa é uma oportunidade dos alunos terem contato com os materiais antigos e, através dessa exposição, contribuir para o interesse deles pela história da cidade.

As visitas são sempre produtivas, porque os alunos fazem muitas perguntas. As crianças e adolescentes tem uma curiosidade especial. Algo que me chama muito a atenção é quando eu pergunto sobre os seus parentes mais velhos, e vários alunos, geralmente do 4º ano, ainda possuem bisavós, bisavôs vivos. Ou seja, tem acesso a muitas histórias de família, acesso também a objetos e materiais antigos que fazem parte do acervo de suas famílias”, ressalta.

O historiador afirma que as escolas interessadas podem fazer o agendamento através do site www.ficindaial.com.br/fundacao/o- -arquivo-historico-vai-as-escolas/.

“A ideia é que essa ação seja constante e dê frutos, pois em seguida, os alunos das escolas também poderão visitar o Arquivo Histórico, complementando a ação educativa”, finaliza.

Imagens

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui