24.4 C
Timbó
quarta-feira, 24 de abril de 2024

Artista timboense participa de exposição do Sesc

Data:

Artista timboense participa de exposição do Sesc
Ornella é uma das 11 artistas que estão expondo suas obras na Exposição Pretexto Auto Reverse …

CLARICE GRAUPE DARONCO/JMV

Foto: Divulgação

CLARICE GRAUPE DARONCO/JMV
[email protected]

TIMBÓ – A artista plástica timboense, Ornella Vanessa Jacobsen, integra a exposição Pretexto Auto Reverse, organizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) que teve início no dia 8 de novembro e segue até o dia 30 de janeiro de 2013, na Fundação Cultural de Blumenau, com visitação de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. 
Além de  Ornella também estão expondo suas obras os artistas plásticos: Ana Claúdia Lubitz, Marcos Struve, Roseli Kietzer Moreira, Heraldo Fernandes, Andrew Binärezeichen, Marcelo da Silva, Guilherme Becker, Waleska Curtipassi, Débora Dáros e Clóvis Truppel.
Ornella informa que segundo dados da assessoria de imprensa do Sesc, está edição do projeto Pretexto aborda um tópico pouco confortável para o campo da arte: a “zona de conforto”.
“Segundo a organização, diz-se que um artista está trabalhando na zona de conforto quando este já não procura desafios no seu processo de produção, quando encontra um método para desenvolver suas propostas artísticas e segue neste caminho deixando de arriscar e investigar outras soluções possíveis de trabalho”, explica a artista plástica ao relatar, que a caminhada confortável neste terreno plano e seguro é uma escolha que pode estar relacionada a uma tentativa de resposta às expectativas de mercado e do meio no qual o artista vincula sua produção, ao receio de experimentar desafios, de falhar. Independente dos motivos que conduziram o artista a esta “temporada” na zona de conforto, sabemos que a arte quando deixa de nos perguntar algo e de nos propor questões perde totalmente o seu sentido.
De acordo com a assessora do Projeto, Fabiana Wielewicki, o desafio lançado aos artistas integrantes desta edição do Pretexto foi o de trabalhar numa contracorrente: realizar uma proposta que respondesse a sua linha de produção e outra que não correspondesse em nenhum aspecto ao primeiro trabalho produzido.
A ideia de frente e verso, de negativo e positivo, foram estratégias utilizadas para discutirmos, ao longo das etapas do projeto, a produção dos artistas, no intuito de tensionar algumas estruturas pré-estabelecidas e propor outras perguntas para os trabalhos em desenvolvimento.
Fabiana explica que a exposição Pretexto Auto Reverse propõe um jogo entre o modo como artista vê a sua produção “oficial” no campo da arte e como experimenta uma outra versão daquilo que faz. As duas faces se confrontam nesta mostra, assim, como entendemos o positivo e o negativo na fotografia: como opostos e complementares. O resultado desse desafio, e o modo como cada artista encarou o seu lado avesso, o seu negativo, pode ser conferido aqui.

Projeto Pretexto
Durante os anos de 2005 a 2012, o projeto Pretexto teve várias realizações envolvendo todas as unidades do SESC Santa Catarina. O projeto, que já atingiu aproximadamente 500 artistas do Estado, tem forte enfoque na formação. São três etapas preparatórias onde os artistas se encontram com um dos assessores do projeto e discutem questões relativas à área, tendo como enfoque a arte contemporânea, a fotografia ou a pintura. Desta maneira, o projeto mapeia efetivamente a produção de arte catarinense, qualifica a produção dos artistas, instaura circuitos locais de arte, registra a recente produção catarinense e promove o debate com o público. O Pretexto é o maior projeto de arte visual já realizado no Estado. Mas não é um projeto apenas de identificação dos artistas com o mero intuito de expor trabalhos de arte.
O objetivo maior é trazer conhecimento qualificado sobre o processo criativo, mercadológico e artístico da arte para todas as cidades onde o SESC atua. Neste sentido, ele é um projeto de longo prazo com resultados no presente e no futuro. Enquanto cada Pretexto se constrói, os resultados são colocados à disposição do público. Daí a sua característica de organicidade. O Pretexto forma circuito de arte em cada cidade.
 

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui