18.3 C
Timbó
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Cimvi é selecionado pelo BID como case de sucesso

Data:

Cimvi é selecionado pelo BID como case de sucesso

Foto: CIMVI

“Reconhecimento. Essa é a palavra que descreve o sentimento que a direção e profissionais do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi) estão sentindo”. A frase é do diretor executivo do Cimvi Fernando Tomaselli .

Em entrevista, Tomaselli relata que o Cimvi foi selecionado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) entre seis cases de sucesso como empresas públicas com boas práticas em Gestão de Resíduos e Meio Ambiente da América Latina e Caribe.

- Publicidade -

Importante informar que BID é uma instituição financeira internacional que fornece subsídios e assistência técnica aos países da América Latina e do Caribe. Ele trabalha com empresas privadas e públicas para promover o desenvolvimento econômico e social na região. O BID pode selecionar empresas para receber subsídios e assistência técnica com base em vários critérios, como viabilidade financeira e potencial de contribuição para o desenvolvimento sustentável na região. As empresas interessadas em trabalhar com o BID devem seguir o processo de inscrição e atender aos requisitos específicos do banco.

Entre as empresas selecionadas para um estudo de dois anos que balizará um manual de referências junto à financiamentos do Banco estão: EMAC EP: Cuenca – Equador; EPC. S.A.: Cajicá – Colômbia; EMVARIAS: Medelin – Colômbia; Cimvi – Ambiental: Santa Catarina – Brasil; ASINORLU – El Salvador e SIMARSUR ESTE – México.

O diretor-executivo do Cimvi explica que “em 2021/2022 o Consórcio já havia sido objeto de estudo como selecionado entre quatro Consórcios Públicos do Brasil, pelo Ministério da Economia, num programa junto ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) do qual resultou o relatório Arranjos Corporativos Intergovernamentais publicado em 10 de março de 2022 (https://www.gov.br/economia/pt-br/assuntos/noticias/2022/maio/arquivo/intergov_relatorio-publico_2022.pdf)”.

Agora, observa Tomaselli “diante de critérios que levaram em conta sustentabilidade financeira dos serviços em resíduos sólidos, rotas tecnológicas, êxito em gestão regionalizada e eficiência e boas práticas em educação ambiental, mais uma vez o Consórcio Catarinense, sediado em Timbó, é destaque em âmbito internacional, sendo o único do Brasil selecionado”.

O diretor-executivo afirma que “trata-se do reconhecimento das escolhas de nossos prefeitos e prefeitas nesses últimos cinco anos, de ressignificar o entendimento acerca dos Resíduos Sólidos Urbanos, amparados numa sólida política de educação ambiental, que resultou na padronização de práticas junto a 14 municípios que adotam o Programa Vale Muito Cuidar e Vale Reciclar. Um dos sinais mais visíveis foi a implantação da coleta seletiva em todos os municípios com o fornecimento da embalagem amarela, de unidade de Triagem Seletiva eficiente em parceria com a Cooperativa APRI e a transformação do território onde fica o aterro público sanitário num Parque de Visitação e Educação Ambiental – Parque Girassol”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui