16.4 C
Timbó
quarta-feira, 17 de julho de 2024

Deputado lança plataforma que acompanha em tempo real o andamento das obras em SC

Data:

Antídio Lunelli é presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa

Defensor da modernização do serviço público e da transparência, o presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, deputado estadual Antídio Lunelli, lançou uma plataforma de BI (Business Intelligence) para acompanhar os dados de todas as obras e os investimentos realizados nas rodovias estaduais de Santa Catarina.

- Publicidade -

No gabinete do parlamentar, quatro televisores mostram quantos contratos estão em aberto, quais estão em andamento, os que estão prestes a iniciar, os paralisados, os atrasados e os dados da empresa responsável por cada serviço.


Também é possível saber os valores investidos, os contratos aditivados, e tudo com a possibilidade de se filtrar por região. A atualização da plataforma acontece diariamente e, uma vez por semana, os dados serão disponibilizados no site do parlamentar: www.antidiolunelli.com.

“As rodovias são o grande gargalo da nossa infraestrutura, é o modal que exige mais recursos, mais manutenção e novas obras. O Monitora foi desenvolvido para auxiliar tanto o Legislativo quanto o Executivo no acompanhamento dos trabalhos, fornecendo informações de maneira rápida”, disse o parlamentar ao apresentar a ferramenta.

O painel foi desenvolvido pela equipe de gabinete do deputado, com auxílio de uma empresa de TI. A plataforma de BI capta dados diariamente do SICOP (Sistema de Controle de Obras Públicas), utilizando a plataforma Qlik Cloud.

Dados desta semana mostram que o governo do Estado tem 237 contratos em aberto no total, sendo que 155 estão em andamento, 12 a iniciar e 70 estão paralisados (nessa conta são levados em conta três tipos de contratos, o de contratação de projeto, da execução da obra em si, e o de supervisão e fiscalização). Dos 237 contratos em aberto, 121 são de execução de obras rodoviárias, dos quais 19,17% estão executados, 100 estão em andamento (82,64%) e 18 estão paralisados (14,88%).

Tecnologia na gestão pública e transparência
O Monitora SC se assemelha à Sala de Inteligência e Gestão, criada por Lunelli quando ele ainda era prefeito de Jaraguá do Sul. “Quando cheguei na Prefeitura, senti a dificuldade de conseguir informações confiáveis e rápidas, aí chamamos uma equipe de TI e desenvolvemos o painel. Com ele, passamos a ter dados em tempo real de tudo. Conseguíamos saber se o professor estava na sala de aula, até os detalhes de cada real investido pelo Município. E é esse modelo que precisamos ter na gestão pública”, defende Lunelli.

A iniciativa virou modelo nacional do quanto a tecnologia pode contribuir com a administração pública no atendimento à população.

Outra iniciativa que inspirou o Monitora SC foi o Centro de Inteligência da Fiesc.

“Santa Catarina tem diversos exemplos de como a inovação pode contribuir para a simplificação do setor público e uma melhor gestão dos recursos. Temos conhecimento e ferramentas, precisamos colocar em prática. O poder público está ainda no século passado”, diz o deputado.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui