14.4 C
Timbó
domingo, 21 de julho de 2024

Educação e entretenimento

Data:

Educação e entretenimento
A tecnologia pode ajudar os pais a organizarem atividades divertidas para deixar o recesso escolar m …

Amanda Bittencourt/JMV

Foto: DIVULGAÇÃO

TIMBÓ – As escolas não estão de férias, mas em decorrência do avanço da pandemia de Coronavírus (Covid-19), o Governo do Estado de Santa Catarina optou pelo cancelamento das aulas como forma de prevenção. Além disso, ainda rege o decreto de isolamento social, que foi prolongado por mais sete dias. Ou seja, além dos filhos estarem sem ir à escola, não é recomendado que saiam de casa. Por essa razão, os pais tem sentido dificuldade em lidar com essa garotada, pois sabemos que as crianças têm uma energia enorme e adoram estar sempre fazendo alguma coisa. Nesse momento, a internet pode ser uma grande aliada e diversos aspectos podem ser explorados.

De acordo com informações da coordenadora pedagógica, Marineusa da Cunha de Sá, é preciso pensar que esse tempo que está sendo passado em família pode se tornar muito produtivo para todos e para que isso aconteça, o planejamento é fundamental. “Seja o planejamento destas questões diárias, de alimentação, higiene pessoal, cuidados com a casa. Mas que sejam introduzidas neste tempo, propostas de leituras compartilhadas, leituras individuais, por exemplo”, completa.

- Publicidade -

A profissional ressalta que a internet pode ser usada a favor dos pais, que podem acessar sites como o dominiopublico.gov.br, que traz um grande volume de livros de qualidade, que vão desde a literatura infantil, diversos gêneros nacionais e internacionais. “Existem também outros sites para estimular a aprendizagem, com propostas de experimentos para as crianças, blogs e outros endereços eletrônicos que trazem atividades interativas, como quiz, simulados que podem ser feitos a distância com outros colegas ou ainda com a ajuda da família”.

Segundo ela, essas são algumas estratégias que permitem auxiliar os pais neste momento que é de reclusão e convívio familiar, para que possa ser muito mais rico e de aprendizado.

A professora timboense, Débora Teske, em entrevista à Rádio Cultura, também relata sobre o uso da internet e que na escola onde trabalha, já está sendo elaborado um material para atividades a distância. Ela lembra que apesar de todas essas possibilidades que as redes nos proporcionam, é preciso ter atenção e cautela nos tipos de conteúdos para cada faixa etária. “Existem muitas literaturas disponíveis, cotações de história, mas ter esse cuidado por faixa etária é necessário. Uma história adequada para a faixa etária de 12 anos, não é adequada para uma criança de quatro anos”, explica.

Uso da internet

Não podemos esquecer que os pais devem impor limites aos filhos na questão do uso da internet. Mesmo que utilizem sites e conteúdos próprios, tudo em excesso não é correto.

Débora esclarece que os pais não devem ver na internet uma possibilidade de entreter a criança para que eles possam ir atrás dos seus afazeres.

Além disso, é preciso cuidar da exposição da criança a notícias e vídeos do que está acontecendo no momento. “Se para nós adultos já está sendo difícil passar por isso, imagina para uma criança, o que pode passar na cabeça dela. A partir do momento em que as colocamos no meio de notícias tristes e trágicas e depois quando olham para nós adultos desestruturados, elas também vão criar uma insegurança”, relata.

 A professora lembra que é importante conversar com as crianças e relatar o que está acontecendo, principalmente o motivo de ter que ficar em isolamento em casa. “É um momento importante para pensarmos no coletivo com as nossas crianças, pensar no todo”.

Brincadeiras

O secretário de Educação de Indaial, Jairo Gebien, lembra ainda que além dessas atividades é necessário deixar um tempinho na organização da rotina para as brincadeiras. “Com certeza a brincadeira promove aprendizagem, integração, raciocínio e uma infinidade de outras situações que vão beneficiar as crianças”.

Gebien ainda fala que esse é um momento dos pais resgatarem antigas brincadeiras para maior interação com os filhos.

Também não podemos nos esquecer de propor algumas atividades lúdicas como desenhos, pintura, colagem, dança, música ou teatros de fantoches.


#Fica a dica

A Prefeitura de Indaial, listou diversos sites, canais do YouTube e aplicativos que vão ajudar a promover a aprendizagem e otimizar tempo durante o recesso escolar, confira:


Sites

Portal Domínio Público

Biblioteca Digital

Ciência Hoje das Crianças

 Seterra – Geografia

Ludo Educativo

Brincando com Ariê

Escola Games Educa Jogos

Professora Carol

RachaCuca


Canais no YouTube

Ciência Hoje das Crianças

Easy Origami

Conta pra Mim – Ministério da Educação

O Show da Luna!

Palavra Cantada

Smile and Learn – Português

Turma da Mônica

Varal de Histórias


Aplicativos

Letroca

Ler e Contar

Jogos Educativos

Soletrar

Jogo de perguntas

Português Coruja: Fácil e Divertido

Trilha Cultural

Jogos de Matemática

Duolingo

* Mais opções podem ser encontradas no site www.indaial.sc.gov.br/educação 


Educação de Timbó

A Secretaria de Educação de Timbó, também pensando na aprendizagem dos estudantes, estará disponibilizando às famílias via Sistema Betha de Gestão Acadêmica (que é web e pode ser acessado pelo computador pelos pais), atividades criadas pelos próprios professores de cada turma. As tarefas podem ser feitas pelos filhos junto com os pais. 

Para aqueles que não possuem acesso à internet, os diretores de cada escola estão fazendo o material impresso para entregar nas casas destes alunos. As atividades não contam como horas trabalhadas de professores ou dias letivos para os alunos.  

“O artigo 205 da Constituição Federal alega que a educação é um direito de todos e um dever do estado e da família. Agora é hora de mostrar que isso é verdade. Nós estamos disponibilizando as ferramentas e os pais precisam fazer a sua parte”, destaca o secretário de Educação de Timbó, Alfroh Postai.

Uma professora que está com um conteúdo bacana é a Ana Paula Bogochewski Kalinowski, que leciona na Escola São Roque, montou um estúdio lúdico em casa, onde grava vídeos didáticos que são encaminhados aos alunos e pais.

O objetivo dessa proposta é alcançar o máximo de estudantes possível através dessas propostas pedagógicas.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui