17.8 C
Timbó
sábado, 22 de junho de 2024

Grupo de mães organiza doações para famílias gaúchas

Data:

Impossível não se comover com o que aconteceu no estado do Rio Grande do Sul. Muitos gaúchos que nasceram ou até moravam em cidades destruídas pela chuva, hoje moram em Timbó. É o caso da gaúcha Juliana Gatelli. Moradora da cidade há mais de 10 anos, ela se sensibilizou com os irmãos gaúchos e, com sua amiga Cátia Hermann, iniciaram um movimento que cresceu rapidamente.

O grupo não tem uma cidade específica para ajudar, mas sim o principal objetivo é que essas doações cheguem o quanto antes às mãos de quem está precisando. “Que essas doações saiam de Timbó e cheguem a quem realmente precise e que isso aconteça o quanto antes”, ressaltou Juliana.

- Publicidade -
Foto/Arquivo pessoal

Como o grupo é formado por mães, nós observamos um olhar diferenciado nas doações. As primeiras doações foram de kits infantis, que tinham pomada para assadura, alimentos rápidos como bolacha, todinho. Pensando também nas crianças, foi enviado um brinquedo com bolha de sabão que pode de certa forma distrair essas crianças, além de mantas para aquecer do frio. Na sexta-feira, 10 de maio, o primeiro comboio foi para Guaporé e região. No total, foram 100 kits infantis e cerca de 150 kits de higiene para as famílias, contendo três escovas de dente, pasta, sabonete, desodorante, papel higiênico, lâmina de barbear e absorvente. Junto com o kit, eles conseguiram a doação de livros e, em cada kit, um livro para incentivar a leitura de quem nesse momento perdeu tudo.

Na madrugada de hoje, 17 de maio, outra carreta com doações saiu em direção a Gravataí. Além dos alimentos, os kits prontos são um diferencial dessas mães. Antes do caminhão pegar a estrada, Juliana encaminhou um vídeo mostrando os kits prontos, todos feitos com muito amor.

E o movimento SOS RS não para. As movimentações para a próxima carreta já começaram e você, leitor do Jornal do Médio Vale que quer ajudar, o foco serão toalhas de banho e itens de higiene. Quem quiser ajudar, tem alguns comércios parceiros de Timbó que são pontos de coleta: StyloFarma, BS Limpeza, JD Colchões, Academia Menfis, Lkids Academia Infantil, Capital Bier, General Lyy. E quem preferir fazer as doações via Pix, é através do e-mail: [email protected]. “O valor que entra nessa conta nós estamos destinando conforme as demandas que a gente precisa, ou seja, aquilo que a gente faz a solicitação no Instagram ou até no nosso grupo e a gente não ganha, esse dinheiro é utilizado para comprar esses itens”, destaca Juliana.

FOTO/LARA FERREIRA/JMV

“Não é fácil se doar todas às vezes, todos têm uma vida paralela, mas se você não pode ajudar com doações físicas ou com dinheiro, nos ajude compartilhando as solicitações que a gente faz na rede social ou então olhe dentro do seu armário e veja se lá não tem um par de tênis que você não usa mais e pode doar, um casaco, uma roupa ou até um pacote de bolacha que você comprou e ainda não comeu, o mínimo faz total diferença”.

A entrevista completa com a Juliana Gatelli você assiste no YouTube do Jornal do Médio Vale.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui