18.3 C
Timbó
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Modernidade: facilidade que atrai novos golpes

Data:

Modernidade: facilidade que atrai novos golpes

Foto: Freepik

“A modernidade e a praticidade das operações financeiras realizadas por canais digitais no Brasil são cada vez mais comuns e são de extrema importância nos dias atuais. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) sete em cada 10 brasileiros utilizam os meios eletrônicos para realizarem transações/consultas financeiras”. As colocações são da economista da Finper Consultoria e Pericia Financeira e professora de Matemática e Finanças do Senai Timbó, Ticyane Pinto da Silva.

Em entrevista à redação do Jornal do Médio Vale (JMV) a profissional destaca que “toda essa facilidade também atrai pessoas que utilizam os meios eletrônicos com a finalidade de aplicar golpes financeiros”.

- Publicidade -

De acordo com Ticyane, mais recentemente foi divulgado um novo vírus que intercepta transferências via Pix e altera o valor e o destinatário. “O Malware Brasdex (um tipo de vírus) que se instala em celulares Androides, mas não explora uma falha no PIX ou dos aplicativos de bancos, mas sim do próprio usuário que utiliza links muitas das vezes encaminhados pelas redes sociais e acabam infectando o seu aparelho. Esse vírus tem atacado clientes dos principais bancos brasileiros: Bradesco, Caixa, Itaú e Nubank e também da corretora de criptoativos Binance. Ele intercepta transferências via Pix e altera quem vai receber e até o valor enviado. Tem circulado muito nas redes sociais vídeos mostrando o golpe”.

A profissional aconselha que “é importante ficar atento e desconfiar de qualquer informação estranha. Como o PIX é um meio de pagamento muito rápido ele tem sido o mais escolhido pelos golpistas, então seguem algumas dicas para não cair em golpes”.

*Estabeleça senhas fortes e use também a biometria;

*Cuidado com as ligações das falsas centrais de atendimento, importante não passar qualquer informação, na dúvida faça contato com o seu gerente ou com os canais oficiais das instituições;

*Evite baixar links enviados por redes sociais, eles podem estar infectados e assim os seus dados ficarão expostos. Instale aplicativos da loja de aplicativos do seu celular;

* Se receber mensagens via WhatsApp solicitando qualquer transferência em dinheiro, confirme a identidade de quem está do outro lado. Se é alguém que você já está acostumado a transferir recursos a dica é criar uma palavra chave que só vocês conheçam, e essa pessoa deverá falar. Essa é uma dica importante, principalmente nas ligações de falso sequestro ou de clonagem de WhatsApp;

* Ao enviar o PIX, confirme as informações de quem irá receber como nome e valor, só digite a senha se os dados estiverem corretos e solicite á pessoa que verifique se o dinheiro foi recebido em sua conta;

*Mantenha software de antivírus instalado e sempre atualizado. Ticyane afirma ainda que “o importante com tudo isso é estar atento, a tecnologia precisa ser usada a nosso favor, mas desconfie sempre que algo estranho acontecer ao acessar os meios eletrônicos. Se caiu em algum golpe fale imediatamente com o seu gerente financeiro e faça um boletim de ocorrência que pode ser feito de forma on-line. A informação é a melhor forma de se prevenir”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui