23 C
Timbó
terça-feira, 16 de abril de 2024

Páscoa – festa da libertação da vida escondida

Data:

Páscoa – festa da libertação da vida escondida

Clarice Graupe Daronco / JMV

Foto: Divulgação

TIMBÓ – “Iniciamos a Semana da Paixão neste ano sendo recomendados a permanecermos em isolamento social, quando em outros anos nos reuníamos para celebrações especiais da morte e ressurreição de Cristo Jesus”. Com essa frase o pastor da Paróquia Evangélica de Confissão Luterana (IECLB) de Timbó, Dari Appelt, fala sobre as celebrações de Páscoa neste período da quarentena.

Appelt afirma que: “diferente de outros anos também não aconteceram as celebrações da Quinta-Feira da Paixão de forma presencial, quando se lembra do encontro de Jesus com seus discípulos e de momentos significativos como o Lava-Pés, a instituição da Santa Ceia, a caminhada até o Jardim das Oliveiras – os momentos de oração em que compartilha com o Pai celeste sua angústia diante do que teria que enfrentar e também a sua prisão”.

- Publicidade -

O pastor questiona ainda: “E na Sexta-Feira Santa, como vai ser?”. Segundo ele, para muitas pessoas é o dia esperado para parar com as atividades e refletir sobre o gesto de amor de Deus na cruz em que Jesus doou a vida para nossa salvação. “Neste ano não haverá o Culto em língua alemã e o Culto será também transmitido pelas redes sociais para que possamos acompanhar em nossas casas”.

Já o Sábado de Aleluia, observa Appelt, é o dia de silenciar e meditar sobre a vida que levamos, oferecer e aceitar perdão, nos preparar para a boa notícia da ressurreição e comemorar a Páscoa, a vitória da vida sobre a morte e o protesto de Deus com relação a tudo e todos que a promovem.

“Mas, neste dia não nos será permitido reunir pessoas nos templos, teremos que permanecer em nossas casas em obediência aos decretos governamentais, orientações da Igreja e o bom senso diante dos riscos à nossa vida e à dos outros”.

O pastor relata ainda que a caminhada da Vitória, o ritual do Fogo Novo com acendimento dos círios, a celebração festiva, a comunhão na palavra e sacramento da Santa Ceia e o Café Pascal, vão ficar na saudade.

“No entanto, haverá uma celebração envolvendo todos os ministros e ministra da IECLB atuantes em Timbó, na Igreja da Ressurreição, com transmissão pela Rádio Cultura 92.1 FM e nas redes sociais, na esperança de que os membros de nossas comunidades usem do seu tempo em família para ouvir e prestar atenção à mensagem que tem por objetivo chegar nos corações, alimentar a fé e resgatar a esperança; descobrir onde estão os sinais de Páscoa nesses tempos de quarentena e enfrentamento do sinal de morte que veio com o Covid-19, esse novo Coronavírus, tão comentado e que vem gerando insegurança e posicionamentos controversos diante das limitações que impõe”.

Com relação à Páscoa o pastor utiliza o texto de Marcos16.6: “Não se assustem! Sei que vocês estão procurando Jesus de Nazaré, que foi crucificado; mas ele não está aqui (no túmulo), pois já foi ressuscitado…”, observa que o recado que as mulheres deveriam dar aos discípulos: “Cristo está vivo e vai encontrar com vocês na Galiléia”, é o mesmo que somos desafiados a dar aos seus seguidores e seguidoras neste tempo de pandemia.

“Que sabe o recado seria: Não fiquem apavorados/as Cristo vive, a morte não tem mais o poder de afastar do amor de Deus, Ele vai se encontrar com vocês nas vossas casas, acolham Ele com alegria e prestem atenção ao que tem a dizer, para que possam enfrentar o medo, a insegurança e o stress com fé e esperança de que nova vida vai brotar em meio às cinzas. Jesus quer orientar vocês para que saibam como agir e se cuidar, perseverando confiantes no poder da sua graça!”

 Datas e horários

– Sexta-Feira Santa às 19h;  

– Sábado de Aleluia às 19h; 

– Domingo de Páscoa às 9h os ministros estarão na Igreja da Ressurreição celebrando a Vitória da Vida. Este culto também será transmitido pela Rádio Cultura 92.1 FM.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui