20.8 C
Timbó
sexta-feira, 24 de maio de 2024

Projeto Liteterário: Conhecendo autores e suas obras

Data:

Rio dos Cedros
Projeto Liteterário: Conhecendo autores e suas obras

Foto: FOTOS/ESMRDC

“Conhecendo autores e suas obras literárias é um projeto literário da biblioteca para estimular a leitura e ajudar no desenvolvimento da escrita em sala de aula. Para isso, o professor José Amilton Vieira, responsável pela biblioteca, em parceria com os professores da Escola Servino Mengarda, em Rio dos Cedros, resolveram nomear cada sala de aula com o nome de um escritor de livros infantis. Serão trabalhados em sala de aula alguns livros da literatura do autor que deu nome à sala, onde os alunos participarão ao longo do ano de uma série de atividades pedagógicas, pois acreditamos que a literatura infantil contribui para o crescimento de um indivíduo mais completo e com mais experiências”. As colocações são da diretora do educandário, Márcia B L Galcowski.

Segundo a diretora, “os professores desenvolvem a Literatura Brasileira, constituíndo assim em um elemento fundamental para o incremento das potencialidades do aluno na escola e despertando o gosto pela leitura a partir da exposição da obra de um autor brasileiro selecionado pelo professor (a) da turma. Também buscou-se explorar ao máximo as informações sobre o mesmo e seus escritos, para que o aluno sinta-se compelido a procurar por iniciativa própria a leitura prazerosa do autor em questão. O objetivo do projeto também foi o de proporcionar uma maior interação com obras literárias, e que se promova cada vez mais a sua presença no processo de ensino e aprendizagem dos alunos, tendo em vista favorecer o desenvolvimento de suas competências e habilidades”.

- Publicidade -

Márcia explica ainda que o projeto literário ‘Conhecendo autores e suas obras’ tem também uma função muito importante que é propor situações de aprendizagens que fomentem a curiosidade, a descoberta do novo, a formulação de explicações sobre diferentes situações e a busca de conhecimentos, transformando o leitor iniciante em um descobridor de conhecimentos escondidos entre as linhas. Assim cada sala ganhou o nome de um autor brasileiro.

A diretora destaca ainda que “ler estimula o raciocínio, ativa o cérebro, aumenta a imaginação, melhora o vocabulário, desenvolve o pensamento crítico, combate o estresse, dá um gás motivacional, amplia a criatividade, estimula a capacidade de concentração e o leitor transforma a sua escrita”.

Por isso, observa Márcia, o projeto também tem como justificativa os seguintes pontos: “motivar o processo de aprendizado da escola através do hábito de ler; contribuir para tornar o espaço da biblioteca um ambiente em que o prazer da leitura seja um aliado incondicional na busca pelo conhecimento e não somente local de obrigações; conhecer a vida e obras dos diversos autores brasileiros; produzir textos partindo da história lida, ler e contar histórias, mantendo-se a ordem cronológica dos fatos, demonstrando compreensão do texto lido; usar adequadamente a linguagem, aperfeiçoando tanto a expressão oral quanto corporal, a fim de apresentá-la de forma criativa e crítica; ampliar habilidades de desenvolvimento da escrita e práticas de digitação; ler com fluência, sendo capaz de identificar os diversos gêneros literários”.

A diretora relata que, segundo o professor José Amilton, “o projeto está sendo desenvolvido através de leituras e interpretação textual, pesquisas bibliográficas (linha do tempo), consultas à internet, produção textual, leituras online utilizando o laboratório de informática e utilizando-se de diversas obras na biblioteca da escola. Para apresentar curiosidades da vida social, literária e pública do autor em questão, foram também apresentadas fotografias, caricaturas, esculturas, desenhos, documentários, vídeos, filmes, recital, jogral, dramatizações e entrevistas focalizando o escritor retratado, bem como suas contribuições”

Márcia comenta que as atividades estão sendo organizadas de modo que as salas participem de forma itinerante em cada atividade proposta pelo professor, seja na sala de aula, laboratório de informática ou biblioteca, seja em outros espaços determinado para tal fim. “Após a realização do projeto esperamos que os alunos sejam capazes de reconhecer os autores da literatura brasileira; produzir textos diversificados; despertar o gosto e prazer pela leitura; melhorar o desenvolvimento de sua aprendizagem”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui