15.3 C
Timbó
sábado, 13 de julho de 2024

Uma nova era na resolução de disputas

Data:

Com o objetivo de oferecer uma administração eficaz para resolver disputas fora do âmbito do Poder Judiciário, de maneira rápida, segura, amigável, técnica, econômica e sigilosa, a Associação Empresarial do Médio Vale Itajaí (Acimvi) realizou, no dia 21 de março, o lançamento de sua própria Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem (CCMAA).

O evento, sediado no Centro Empresarial de Timbó (CET), junto ao prédio da Acimvi, contou com a presença de 80 pessoas, entre empresários, empreendedores, associados da Acimvi, advogados, profissionais liberais, representantes municipais e presidentes de entidades. Destacando-se entre os presentes, o promotor de Justiça da Comarca de Timbó, Dr. Alexandre Daura Serratine, ministrou uma palestra ao final do protocolo. Além disso, discursos foram proferidos pela presidente da Acimvi, Lúcia Giovanella da Silva, e pelo presidente da CCMAA, Telmo Francisco Riboli.

- Publicidade -
Uma nova era na resolução de disputas
Uma nova era na resolução de disputas

Durante o evento, o empresário David Césare Schütze, representante do Supermercado Schütze de Timbó e Indaial, compartilhou sua experiência positiva ao utilizar os serviços da Câmara, expressando seu entusiasmo pelas ações extrajudiciais e seu forte apoio ao potencial da CCMAA para Timbó e região.

O protocolo também destacou a presença do empresário Adalberto Roeder, pelo seu apoio e patrocínio ao coquetel de lançamento e início das atividades da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem da Acimvi.

Roeder é um entusiasta e incentivador de várias iniciativas em prol da classe empresarial e da comunidade. Como presidente de várias entidades municipais e estaduais, ele tem promovido atividades e conquistas significativas.

Suas ações voluntárias em prol da comunidade merecem reconhecimento, e nós o parabenizamos, agradecendo especialmente por seu esforço, dedicação e parceria com nossa entidade.

Uma nova era na resolução de disputas
Uma nova era na resolução de disputas

Na oportunidade também foi relatado o percurso de trabalho para o lançamento da CCMAA. Conforme a história, a trajetória teve início com a criação da Câmara de Mediação e Arbitragem de Timbó e Região (CMATI), em 2016, pelas sócias e advogadas Gabriela Purim Roeder e Bárbara Hochhein. Essa instituição marcou o primeiro passo na busca por métodos alternativos de resolução de conflitos. Com o tempo, a sócia Bárbara se desligou da sociedade, e a nova sócia e advogada Amanda Schaade foi integrada. Essa mudança impulsionou uma reestruturação na empresa, culminando na alteração da denominação para Câmara de Conciliação de Santa Catarina (CCSC), expandindo assim sua área de atuação.

Ao longo de oito anos de árduo trabalho, a CMATI/CCSC atendeu inúmeros casos, promovendo conscientização e divulgação dos métodos adequados de solução de conflitos, como conciliação, mediação e arbitragem. Seu compromisso sempre foi oferecer administração eficaz desses procedimentos, pautada na celeridade, tecnicidade e segurança jurídica, em consonância com as regras éticas e técnicas pertinentes. É notável que, nesse período, aproximadamente 3 mil casos foram atendidos, a maioria resolvida por meio da conciliação.

Com o intuito de ampliar ainda mais as oportunidades para pessoas físicas e jurídicas, em 14 de setembro de 2022, iniciaram-se as tratativas de incorporação da Câmara de Conciliação de Santa Catarina à Acimvi. Após diversas reuniões e ajustes nos regulamentos, a oficialização ocorreu no início de 2024, marcando uma nova etapa na história da instituição.

Uma nova era na resolução de disputas
Uma nova era na resolução de disputas

Atualmente denominada Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem da Acimvi, a instituição assume o crucial papel de fornecer métodos adequados para resolver controvérsias extrajudiciais. Localizada junto à sede da entidade, no CET, sua missão é conscientizar a comunidade sobre as vantagens da resolução extrajudicial de conflitos, facilitando o diálogo de forma segura, técnica, rápida e sigilosa. Sua visão é tornar-se referência nacional na solução de conflitos extrajudiciais, disseminando a cultura dos métodos alternativos de resolução de conflitos e auxiliando as partes e profissionais na busca pela excelência, sempre de forma técnica, célere, respeitosa e segura. Os valores da instituição incluem ética, comprometimento, seriedade e confiança.

A diretoria para o biênio 2023/2025 é composta por: presidente: Telmo Francisco Riboli; vice-presidente: Jair Antônio Pretti; diretora de Métodos Adequados de Solução de Conflitos: Gabriela Bertoldi Purin Roeder; secretária Geral: Amanda Schaade e Conselho consultivo: Adalberto Roeder, Osmar Antônio Tomelin, Unírio Nestor Dalpiaz, Felipe Starke e Endine Meigan Pires de Lima Ferreira.

A diretoria destaca que “o conflito, muitas vezes encarado como algo negativo, é na verdade um fenômeno inerente à vida e às mudanças. Esses métodos alternativos promovem a cultura da paz e são cada vez mais aceitos nas mais diversas áreas da sociedade, legislação e judiciário, disponíveis para qualquer pessoa física ou jurídica apta a exercer seus direitos. Todos os procedimentos visam à vontade das partes, à busca pelo acordo e à resolução do conflito, em detrimento do confronto”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui