21.7 C
Timbó
sexta-feira, 24 de maio de 2024

De Presidente Nereu para o Brasil

Data:

A cantora nereuense Edy Liz, de 35 anos, desde criança é apaixonada pela música, lança hoje sua música autoral “Sentimento Louco”. Dona de uma voz potente, a cantora e compositora sertaneja esteve nos estúdios do Jornal do Médio Vale para contar um pouco da história e claro dar uma “palhinha” da música.

Lançamento da música

- Publicidade -

Com o coração batendo forte, um brilho nos olhos e a emoção ao falar, Edy contou sobre o dia do lançamento. Está sendo preparada uma noite de muito especial na Spell 26, em Blumenau, o maior Roftoop em Shopping Center do Brasil, localizado no Shopping Park Europeu.

“Sentimento Louco” é uma música autoral que começou a ser escrita antes da pandemia e a conclusão foi durante a pandemia. “Foi uma inspiração vista, eu sempre gostei muito de escrever poesias e músicas na adolescência, porém era muito autocrítica, e isso ficava sempre em segundo plano, e somente agora tive coragem de tirar do papel e colocar o projeto em ação”. Depois de três anos que a música estava pronta e guardada, Edy “desligou” a autocrítica e resolveu lançar a música.

A carreira

O primeiro trabalho profissional foi em 2005, aos 16 anos, quando começou a tocar com banda profissional. Foram cinco anos de muito trabalho, até em 2010 resolveu ir para outra banda e, logo em seguida, para a Banda Seven, onde está até hoje. “Assim que iniciei minha carreira, as pessoas me comparavam muito com a Paula Fernandes, Ana Carolina, pois minha voz era muito mais grave e existe a questão da semelhança do timbre da voz. São 13 anos que eu vivo da música e toda essa experiência no palco me ajudou”.

Influência na música

Todos os cantores têm alguma referência, uma inspiração e a catarinense Edy tem como influenciadores duplas icônicas do sertanejo, como Xitãozinho e Xororó que, de acordo com Liz, foram fundamentais para que ela seguisse a carreira musical e no embalo do sertanejo, as duplas Leandro e Leonardo, Bruno e Marrone, Daniel, Roberta Miranda, e na atualidade Jorge Mateus, Mateus e Kauã impulsionaram a vontade de seguir a carreira artística. “Mas, como eu sou uma cantora eclética, não me limitei apenas em ouvir só sertanejo, o estilo é uma base para mim, mas eu gosto muito de músicas internacionais como Whitney Houston, Celine Dion, no MPB gosto de ouvir Ana Carolina, Ivete Sangalo, sou muito eclética”.

Se você está curioso para ouvir a música Sentimento Louco e outras canções na voz da catarinense que tem tudo para ser um grande sucesso da música sertaneja, marca presença na Spell, hoje à noite, ou então confere a entrevista completa com Edy Liz no canal do YouTube do JMV.

Acesse: Edy Liz – Sentimento Louco

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui