14.8 C
Timbó
sábado, 13 de julho de 2024

Cine Teatro Municipal

Data:

Cine Teatro Municipal
A cultura é uma das expressões mais sublimes do conhecimento e sentimento humano e a cultura de um …

Cleiton Baumann

A cultura é uma das expressões mais sublimes do conhecimento e sentimento humano e a cultura de um povo é uma riqueza incalculável. Tomamos por exemplo os povos europeus, sacudidos por duas grandes guerras mundiais, onde a destruição das edificações públicas e privadas foi praticamente completa. Mais que isso. Os meios de sobrevivência levados à estaca zero.  Restou, então, a estes povos, aquilo que aprenderam durante a vida, a herança de seus antepassados. E em poucos anos, esta mesma Europa foi reconstruída, sob alicerces mais fortes, garantindo a seu povo melhores condições de vida. Investir na cultura do povo é, portanto, a maior herança que podemos deixar para as atuais e futuras gerações. Timbó se alinha a este pensamento e constrói um dos maiores centros culturais da região, o Centro Integrado de Cultura (antigo Cine Teatro Municipal). Muitos poderão dizer que existem outras prioridades básicas a serem atendidas à população, o que não deixa de ter seu fundo de verdade. Timbó carece de uma infraestrutura urbana mais moderna, com sistema de tratamento de esgoto, ruas pavimentadas com asfalto, calçadas bem construídas em toda a extensão de suas vias, novas pontes para encurtar distâncias e fluir melhor o trânsito. Há prioridades em todas as áreas. No entanto, investir na cultura é uma ação que deve ser constante tanto por parte dos governos, como de todos os cidadãos, especialmente os pais de família, que devem encaminhar seus filhos para o desenvolvimento da cultura de seu povo. A construção deste Centro de Cultura será uma grande obra a ser deixada pelo governante que a concluir. O prefeito Laércio Schuster Júnior poderá levar o maior mérito, pois a maior parte do projeto pode ser realizada em seu governo. Este projeto foi realizado no final da gestão de Waldir Ladehoff, modificado e iniciado na gestão de Oscar Schneider, porém, o mais importante será sua execução, pois projetos existem muitos. O que falta é ação para colocá-los em prática. Laércio tem a chance de construir quase por completo uma das obras que vai reunir a expressão cultural da região. Este é um privilégio para poucos governantes, que acabam sendo lembrados por muitos e muitos anos, como ainda é hoje o ex-prefeito Henry Paul, que foi um visionário futurista, deixando para Timbó bens públicos como os pavilhões de esportes e promoções e o jardim botânico. Hoje, construir um pavilhão do porte dos dois existentes em Timbó já pode ser considerado uma grande obra. Imaginem o que representava em 1968-69. Ações estas realizadas há quase meio século e que foram e serão úteis por muitas décadas.
 

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui