27 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Bombeiros Voluntários de Indaial lutam para construir nova sede

Data:

Bombeiros Voluntários de Indaial lutam para construir nova sede
ESTRUTURA: Atual sede não comporta mais a infraestrutura da corporação, que e há 10 anos, busca …

Cleiton Baumann

TATIANA MILANI/JMV
[email protected]

INDAIAL – O pouco espaço e falta de estrutura mínima necessária para a execução de algumas tarefas, são alguns dos principais motivos que estão levando o Corpo de Bombeiros Voluntários de Indaial – CBVI a pleitear uma nova sede em Indaial. Atualmente, a corporação está instalada em uma das salas na sede da Associação Comercial e Industrial de Indaial – Acidi, bairro das Nações, mas o local já está pequeno para abrigar todos os equipamentos e comportar a estrutura que envolve o atendimento de urgência e emergência dos bombeiros voluntários, hoje envolvendo 65 bombeiros voluntários, revezados em esquema de plantão.
Um primeiro e importante passo para a realização deste sonho foi dado na gestão anterior do prefeito Olimpio Tomio, quando a Prefeitura fez a doação de um terreno, nos fundos da Acidi, ao lado da Quadra da Cidadania, também no bairro das Nações. “Como a filosofia do CBVI sempre foi estar envolvida com a comunidade indaialense, e também ser ajudada por ela, o projeto arquitetônico e de engenharia, que compreende a nova sede da corporação, também foi realizado a preço de custo, pelo engenheiro civil Denis Pintareli, radicado em Indaial, e já foi encaminhado à Prefeitura de Indaial, para que seja aberta licitação a fim de adquirir a estrutura pré-moldada do novo galpão”, comenta o presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários de Indaial, Juarez Mota Filho.
O presidente lembra que os recursos para o início das obras ainda não orçados pela Associação, serão provenientes do extinto FUNREBOMVOL, o qual está depositado em uma conta da Prefeitura, dependendo apenas de detalhes técnicos para ser liberado à Associação. “Para obter o restante dos recursos, os Bombeiros Voluntários já fizeram uma solicitação junto a SDR de Timbó, a qual inclusive já foi aprovada, e mais uma vez o CBVI contará com o auxílio da população, através de promoções, e de entidades organizadas, além do poder público municipal”, acrescenta. Mota Filho destaca que desde sua fundação, há dez anos, os Bombeiros Voluntários de Indaial aspiram esta obra, porém a falta de recursos sempre foi um empecilho para que ela saísse do papel. 
Hoje, além da sala junto ao prédio da Acidi, os Bombeiros também alugam um galpão ao lado, onde ficam estacionados os veículos de resgate e emergência, demais equipamentos e também um canil. “Alugamos de um empresário da cidade, também por um valor abaixo do mercado, apenas pagamos o IPTU. Já a nossa sala junto a Acidi é cedida gratuitamente, porém custeamos apenas despesas operacionais, como água, luz e telefone”, reforça. Ele acrescenta que a atual sede não foi projetada e dimensionada para abrigar uma corporação de bombeiros, e com a nova sede, haverá uma estrutura física específica para a demanda de equipamentos, condições melhores de acomodações aos bombeiros voluntários e melhores condições de trabalho.
Como ainda não há uma previsão para licitação da estrutura pré-moldada e o valor da obra também não foi orçado, a Associação afirma que infelizmente não há uma previsão para iniciar a construção do novo galpão. “Estamos na dependência da liberação dos recursos para então iniciar a construção deste sonho antigo, mas extremamente necessário”, finaliza. Mota Filho aproveita para agradecer o apoio de toda a comunidade e reitera que, mesmo sem a sede adequada, os Bombeiros Voluntários de Indaial prestam um serviço de qualidade à cidade nestes dez anos ininterruptos.

Corporação está bem equipada
O CBVI possui hoje uma estrutura física considerada boa, principalmente após a chegada do conjunto hidráulico de resgate que foi obtido através de uma parceria com o Rotary Club de Indaial. Entre os veículos está um caminhão de combate a incêndio e resgate, um caminhão de combate a incêndio, três unidades de suporte básico de vida, uma unidade de resgate técnico e uma unidade de comando de área.
Para ser um bombeiro voluntário, é preciso ingressar no curso de formação de bombeiros que é realizado todos os anos. Inclusive, os Bombeiros Voluntários de Indaial estão com inscrições abertas para este ano, que dura um período de nove meses de aulas teóricas e práticas, além de estágio supervisionado. Ao se formar, o bombeiro recebe sua farda e passa a compor o grupo de serviço de emergência em Indaial.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui