30 C
Timbó
quarta-feira, 24 de abril de 2024

Escolas de Indaial recebem o selo ?Escola Solidária?

Data:

Escolas de Indaial recebem o selo ?Escola Solidária?
Neste ano, duas escolas públicas de Indaial foram premiadas com este reconhecimento: Escola Básica …

Cleiton Baumann

INDAIAL – O propósito de reconhecer boas iniciativas, ações e projetos solidários, que mostrem com criatividade e competência, como é possível repensar a educação, foi o que motivou o Instituto Faça Parte a criar o selo “Escola Solidária”. Neste ano, duas escolas públicas de Indaial foram premiadas com este reconhecimento: Escola Básica Municipal Juvenal Carvalho e Escola Municipal Professor Mário Bonessi.
As experiências selecionadas revelam a força da articulação da escola como núcleo de cidadania em sua comunidade, melhorando a qualidade da educação oferecida. A Escola Básica Municipal Professor Mario Bonessi inscreveu o projeto sobre “Reciclagem”, cujo objetivo principal foi a redução da produção de lixo como indicador de consciência ambiental. Através das diferentes disciplinas, a direção, professores e alunos buscaram desenvolver uma gama de ações ambientais integradas para dar conta do tema abordado.
Já a Escola Básica Municipal Juvenal Carvalho apresentou um projeto que tinha por objetivo resolver as dificuldades na disciplina de Matemática e a repetência escolar. Para resolver o problema, a escola, em parceria com a Secretaria de Educação, passou a oferecer aulas de apoio na disciplina. Alunos do 6º ao 9º ano vêm para escola duas vezes na semana, em período extraclasse, para frequentar as aulas, que são ministradas pela própria professora. Espera-se com este projeto diminuir o número de repetência, despertar o gosto pela matemática e sanar as dificuldades de aprendizagem.
O selo Escola Solidária teve inicio em 2003, através do Instituto Faça Parte – em parceria com Ministério da Educação e Cultura, Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime e Organização das Nações Unidas para a Educação – Unesco, a fim de identificar e reconhecer as ações e projetos de voluntariado educativo desenvolvidos por escolas de Educação Básica de todo o país.
De acordo com a secretária de Educação de Indaial, Silvana Góes da Costa, a rede de escolas solidárias possibilita que educandários de todo país troquem experiências e, desta forma, enriqueçam seus projetos, transformem suas realidades, além de refletir sobre sua própria prática pedagógica. A rede representa um retrato da educação brasileira, uma vez que as escolas desenvolvem suas ações e projetos de acordo com suas realidades e necessidades, sob uma ótica inclusiva, emancipadora e participativa.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui