14.4 C
Timbó
domingo, 21 de julho de 2024

Escolas incentivam consumo de frutas e verduras.

Data:

Escolas incentivam consumo de frutas e verduras.
ALIMENTAÇÃO: Professores e diretores da rede pública trabalham no sentido de mudar os hábitos pa …

Thomas Erbacher

LILIANI BENTO/JMV

INDAIAL – As novas metodologias e propostas escolares estão transformando o ambiente da escola em um local propício para a promoção da saúde, através da mudança de hábitos com relação à alimentação. Além dos nutricionistas e merendeiras se preocuparem com a qualidade dos alimentos utilizados na merenda, os professores também investem na formação dos valores, hábitos e estilos de vida dos alunos e seus familiares. ?Através da alimentação escolar, temos por objetivo a promoção do consumo de frutas, legumes e verduras, alimentos que, comprovadamente, contribuem para a prevenção da obesidade e de outras doenças crônicas, como doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer?, declara a nutricionista da Secretaria de Educação, Isabel Cristina Amorim, responsável técnica pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar.

- Publicidade -

De acordo com a professora do primeiro ciclo, Eliana Krieser Wollinger, a variedade de saladas faz com que as crianças aprendam cedo a importância em comer frutas e verduras. Quem concorda com Eliana, é a também professora, Helena Mendes. ?Incentivo meus alunos a alimentarem-se com frutas e verduras através dos trabalhos em salas de aula e durante o recreio. Também tento desestimular o consumo exagerado de guloseimas?, diz.

A diretora de escola, Laurete Pavanello, diz que agora as escolas estão estimulando os alunos a se servirem e, dessa forma, eles colocam as saladas que gostam e na quantidade desejada. ?As refeições são balanceadas, importante para o estabelecimento dos hábitos alimentares?, afirma. De acordo com a diretora, as crianças não tinham o hábito de comer saladas. Com os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos, está acontecendo uma mudança significativa e aumento no consumo de frutas e verduras.

Recentemente, a Secretaria de Educação adquiriu multiprocessadores, num investimento de R$ 23 mil, para a execução de trabalhos dentro da cozinha. ?Com esses investimentos em equipamentos, temos o intuito de agilizar as rotinas de trabalho, tornado-as mais agradáveis e seguras para todos os nossos funcionários, certificando-se assim que a alimentação escolar seja distribuída para todos os alunos da rede pública de ensino com muito mais qualidade e variedade?, diz o secretário de educação, Vilmar Klemann.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui