22.5 C
Timbó
sábado, 13 de abril de 2024

Família indaialense trabalha com hortaliças hidropônicas

Data:

Família indaialense trabalha com hortaliças hidropônicas
AGRICULTURA: Na busca por qualidade de vida a família Dalago largou a correria do dia-a-dia e inves …

Cleiton Baumann

CLARICE DARONCO/JMV

INDAIAL – A busca por mais qualidade de vida trouxe a família Dalago de Blumenau para o interior do município de Indaial. Uma pequena propriedade, localizada no bairro Encano, em Indaial, produz hortaliças como alface, rúcula, salsa, cebola e agrião, todas utilizando a técnica da hidroponia. Segundo o produtor, Ivan Dalago, a hidroponia é um sistema de cultivo feito dentro de estufas, sem uso do solo. Os nutrientes que a planta precisa para se desenvolver e produzir são fornecidos somente por água, enriquecida com os elementos necessários como nitrogênio, potássio, fósforo, magnésio, etc, dissolvidos na forma de sais. Basicamente, qualquer água potável para consumo humano serve para a hidroponia.
O trabalho, que iniciou há quatro anos, como conta Ivan, foi uma mudança radical em sua vida e de sua família. “Acreditei que precisava mudar de vida e investi na produção de hortaliças neste sistema”, destaca Ivan ao lembrar que quando pensou em deixar o ramo da construção civil, onde trabalhava, buscou conhecer o sistema de cultivo hidropônico e percebeu que os supermercados de Blumenau, Indaial e região comercializam estes produtos, só que vindos de outros estados brasileiros.
“Hoje trabalhamos com grandes redes de supermercados, temos 15 clientes diários, sendo todos eles da cidade de Blumenau”, comenta o produtor. Ele destaca que a coleta das verduras é feita às 16 horas e levados imediatamente para os pontos de entrega, para que no dia seguinte, o consumidor possa adquirir eles fresquinhos.
No global, a família Dalago trabalha com 20 mil unidades de alface e 16 mil de verdinhos (salsa, cebola, agrião). “Estamos aumentando a estrutura e queremos, até o fim de 2009, estar com 30 mil unidades de alface”, adianta o produtor ao ressaltar que o investimento se faz necessário para atender a demanda.
Entre as dicas para ser um produtor de hortaliças no sistema hidropônico, Ivan observa que primeiramente é necessário ter paciência e ser um bom observador. “Quando se chega de manhã na produção é preciso olhar toda a hidroponia para verificar se não existe nenhum fungo ou inseto na planta”, ressalta o produtor ao frisar a necessidade em se detectar logo o problema para excluir a planta do local.
Outro detalhe importante é que o que for recolhido num dia precisa imediatamente ser reposto. As mudas levam de 10 a 12 dias para entrarem na fase de crescimento. Quando chegarem a uma medida exata, elas passam para as mesas maiores, onde ficam adultas. No inverno o tempo médio para as plantas ficarem adultas é de 33 dias, no verão a média fica em 25 dias.
O produtor destaca que o preço do produto hidropônico é definido pelo mercado. “São os nossos clientes que definem o preço para que seja acessível ao consumidor a ao produtor”, ressalta. Ele explica que o cultivador de hidropônicos trabalha com uma tecnologia moderna, limpa e com muitas vantagens. As mais óbvias aos olhos são a higienização e controle da produção; a planta cresce mais saudável e, por estar longe do solo, está menos sujeita a infestação de pragas; a produção se faz durante todo o ano por ser um cultivo protegido; além da alta produtividade. A família Dalago realiza o trabalho na produção com apenas quatro pessoas.
Já é comprovado que o produto final cultivado em hidroponia é de qualidade superior, com aproveitamento total, pois é cultivado em estufa protegida e limpa, livre das variações do clima, dos insetos, animais e outros parasitas que vivem no solo. Na hidroponia os nutrientes são balanceados diariamente, conforme a necessidade do cultivo, fazendo com que as plantas recebam durante todo seu ciclo de crescimento, as quantidades ideais de nutrientes.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui