26.4 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Indaial perde um filho ilustre

Data:

Indaial perde um filho ilustre
Ademar Keunecke, farmacêutico, advogado e músico …

CLARICE DARONCO/JMV

Foto: BETO/FOTOREX

INDAIAL – A cidade de Indaial perdeu no dia 23 de fevereiro, um filho ilustre, farmacêutico, advogado e músico: Ademar Keunecke. Em Indaial “os Keuneckes”, marcaram presença na comunidade à partir de 1857, sendo pioneiros na arte farmacêutica, fundando em 1873 a primeira farmácia do município – Pharmacia Indayal de A. Keunecke (August Keunecke). Ademar, filho de Arthur e Therezinha Wolf Keunecke, fez o ginásio em Timbó, onde conheceu sua esposa Maja. Após concluir o curso técnico em Contabilidade, casou-se, passou no vestibular para a faculdade de Farmácia e Bioquímica pela UFSC e transferiu-se para Florianópolis. Exerceu a nobre profissão de farmacêutico na Farmácia do SESI, em Florianópolis, e em Indaial na Farmácia Keunecke LTDA, de 1963 a 2009, farmácia esta que marcou a história do município por 136 anos. Ademar foi presença e voz nos Clubes de Serviço e entidades, na Justiça e na Cultura. Rotariano, membro do Jeep Club de Indaial, teve sua fase de atleta do Marabá e dos Verdolengas, jogando futebol de salão. Dedicou-se ao time 15 de Outubro como diretor de 1965 à 1974. Nos anos 70 foi promotor adjunto de Indaial. Em 15 de março de 1975 formou-se em Direito pela FURB, sendo presidente da OAB/Indaial nas gestões 1998/2000 e 2007/2009.
Ademar Keunecke deixa aos colegas um exemplo de retidão, ética, amor ao direito e senso de coletividade, tendo sempre se destacado nas iniciativas em prol da advocacia catarinense.
Músico por vocação, integrou a Orquestra do Lira Tênis Clube de Florianópolis, que além do prazer da música ajudava no sustento da família. Nutria uma paixão pelo canto coral onde participou da Camerata Vocale de Blumenau e do Coral de Indaial, hoje Coro Misto Indaiá. Sua voz se fez ouvir no canto e narração de Oratórios, Concertos e apresentações públicas do Coral. Ademar deixa, além de imensa saudade a todos aqueles que com ele conviveram, um forte exemplo para as gerações futuras. O velório aconteceu no Salão do Júri, no Prédio do Fórum da Comarca de Indaial, e o sepultamento ocorreu ontem, dia 24 de fevereiro, às 16h no Cemitério Municipal.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui