15.9 C
Timbó
sexta-feira, 19 de julho de 2024

Laboratório atende metade da demanda por exames no município de Indaial.

Data:

Laboratório atende metade da demanda por exames no município de Indaial.
Novos equipamentos e melhoria do espaço físico vão possibilitar a realização de 4 mil exames em …

Thomas Erbacher

LILIANI BENTO/JMV

INDAIAL ? Com o objetivo de aumentar o número de exames, a Secretaria de Saúde de Indaial investiu cerca de R$ 100 mil na ampliação e compra de equipamentos no laboratório municipal. A partir deste mês, o laboratório está com capacidade para realizar cerca de 4 mil exames mensais, que equivale a 50% da demanda do município.

- Publicidade -

Antes da ampliação, o laboratório tinha capacidade de atender apenas 30% da demanda. A Secretaria de Saúde conta também com a prestação de serviços de mais quatro laboratórios particulares para atender a necessidade de exames. Entre os exames realizados estão hematologia, bioquímica, urinálise, parasitologia, microbiologia, imunologia e hormônios, bem como a coleta de todos os exames de caráter epidemiológico, além dos pré-natais das gestantes e a coleta do teste do pezinho.

Para realizar alguns exames mais complexos foram adquiridos aparelhos de hematologia (MS4, contador hematológico, com 18 parâmetros), na área da bioquímica (COBAS MIRA PLUS, totalmente automatizado, capacidade de 144 testes/hora) e hormônios (ACS-180, totalmente automatizado, com capacidade de 180 testes/hora). Além disso, o espaço físico foi ampliado para receber novos equipamentos. A última ampliação tinha sido em 2004. Para atender as normas sanitárias da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o laboratório participa do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) e da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC).

O laboratório existe desde 2001 e, segundo o secretário de saúde, Valdir Vedovato, é uma excelente alternativa para reduzir os gastos com exames. ?Recebemos todos os meses um valor x do SUS para gastar com exames. Com laboratório próprio realizamos mais exames?, diz.

EXAMES REALIZADOS

Bioquímica são 23 exames: glicemia em jejum, glicemia pós-prandial, glicemia de sobrecarga (50,75 e 100 g), colesterol total, HDL-colesterol, LDL-colesterol, triglicerídeos, ácido úrico, creatinina, uréia, amilase, lípase, transaminases, gama-GT, fosfatase alcalina, bilirrubinas, proteínas totais, albumina, ferro, cálcio, lactato desidrogenase, clearance de creatinina e proteinúria de 24 horas.

Hematologia são sete exames: hemograma completo, leucograma, eritrograma, contagem de plaquetas, contagem de reticulócitos, coombs direto e indireto e tipagem sanguínea.

Parasitologia são quatro exames: parasitológico de fezes, MIF, pesquisa de sangue oculto e pesquisa de oxiúros.

Urinálise são dois exames: parcial de urina e contagem de almeida.

Microbiologia são dois exames: bacterioscopia (GRAM) e baciloscopia de tuberculose/pesquisa de B.A.A.R.

Hormônios são sete exames: hormônio tireoestimulante (TSH), tiroxina (T4), tiroxina livre (T4 livre), triiodotironina (T3), hormônio folículoestimulante (FSH), hormônio luteinizante (LH) e Â-hcg qualitativo.

Marcador Tumoral: PSA total.

Imunologia são 13 exames: antiestreptolisina ?O? (ASLO), proteína ?C? reativa (PCR), fator reumatóide (FR/látex), sorologia para Lues/VDRL, marcadores de hepatites, rubéola, toxoplasmose, Anti-HIV, citomegalovírus, sarampo, malária, carga viral e contagem de linfócitos CD4.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui