21.3 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Município de Indaial deve receber R$ 150 mil ainda hoje

Data:

Município de Indaial deve receber R$ 150 mil ainda hoje
AUXÍLIO: Governo do Estado prometeu a liberação deste dinheiro há mais de uma semana, mas burocr …

Thomas Erbacher

LILIANI BENTO/JMV

INDAIAL– Depois de mais de uma semana de espera por recursos prometidos pelo governo estadual, em regime de urgência, a expectativa é de que cheguem ainda hoje R$ 150 mil ao município. Esses valores serão utilizados em maquinário, combustível e outros equipamentos com o objetivo de recuperar parte da infra-estrutura da cidade. O impasse, de acordo com o prefeito e presidente da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), Olímpio José Tomio, se refere à de que forma será feita a prestação de contas e se os recursos serão liberados através da Secretaria de Desenvolvimento Regional ou da Defesa Civil.

- Publicidade -

Em reunião em Rio dos Cedros, no dia 2, o governador havia prometido a liberação do dinheiro no dia seguinte. Mesmo dependendo desse valor para arcar com alguns custos de recuperação, em Indaial as obras já começaram nos locais onde a urgência era maior, como ruas que estavam interditadas. O diretor de Obras, Carlinho César Januário, explica que, independente da forma como o dinheiro será liberado, a Prefeitura de, qualquer maneira, terá que prestar contas com notas fiscais de todos os serviços executados.

?Este dinheiro só pode ser usado em obras de recuperação necessárias depois da enxurrada?, avisa. ?O que não pode haver é burocracia visto que a região necessita do R$ 1 milhão prometido pelo governo do Estado?, diz. Em um relatório preliminar, estimava-se que os prejuízos em Indaial somavam cerca de R$ 8 milhões. No entanto, acredita-se que o valor supere, visto que faltam contabilizar danos materiais em edificações e residências públicas e perdas em indústrias, agricultura e pecuária. Já se fala em R$ 13 milhões em prejuízos.

De acordo com o diretor de obras, o valor de R$ 150 mil não é estático. Conforme sejam feitos os levantamentos dos prejuízos, há a possibilidade de pedir novos recursos aos governos estadual e federal. Atualmente, Indaial contabiliza 761 desalojados e 80 desabrigados.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui