15.2 C
Timbó
domingo, 21 de julho de 2024

Produção de aguardente supera os 5,5 mil litros ao ano

Data:

Produção de aguardente supera os 5,5 mil litros ao ano
PRODUÇÃO: Indaialense fabrica artesanalmente cachaça de qualidade e com diferentes sabores …

Thomas Erbacher

CLARICE DARONCO/JMV

INDAIAL ? Considerada uma bebida tipicamente brasileira, a cachaça é uma iguaria que encanta vários paladares. Foi pensando neste assunto que o indaialense José Heckert, aos 58 anos, mantém em sua propriedade, uma fábrica artesanal do produto. Ele trabalha há quase 13 anos neste ramo, produzindo uma bebida especial e chegando a média de 400 litros ao mês, ou seja, uma produção superior a 5 mil litros/ ano. Mas seu trabalho funciona basicamente sob encomenda, já que mantém sua fábrica anexo a residência, situada no bairro Tapajós, em Indaial.

- Publicidade -

Henckert explica que entre os vários aspectos importantes a serem considerados para a produção de uma cachaça de qualidade, destaca-se a qualidade da matéria-prima, que é medida pela cana-de-açúcar e pelo teor de açúcar presente no mosto (processo de fermentação), preparação adequada do fermento, controle de temperatura, contaminação por leveduras indesejáveis e um bom controle na destilação e armazenamento.

?O parâmetro destilação requer conhecimentos e técnicas que são fundamentais na qualidade do produto final, tais como controle de temperatura, separação das frações leves e pesadas, ponto de separação e volume de corte dessas frações?, explica o produtor. Ele justifica estas informações através dos mais de 12 cursos que realizou nestes anos de trabalho, tudo para conseguir qualificar sua produção, que tem registro de comercialização na Cooperativa de Comercialização de Produtos Artesanais de Indaial.

O produtor observa que a qualidade da levedura utilizada na fermentação desempenha também um aspecto relevante no processo, visto que a formação dos álcoois superiores estão diretamente relacionados ao metabolismo das leveduras. ?O sabor e a fragrância da cachaça são aprimorados no processo de envelhecimento, sendo que cada tipo de madeira pode resultar em qualidades diferentes do produto?, explica. José usa pipas de madeira de carvalho, trazidas da Escócia, que transmitem coloração forte e gosto que lembra o uísque.

Mas nem tudo foi sempre assim. O indaialense diz que antigamente era muito sofrido desenvolver a atividade de produção de cachaça e de melado, mas que com os anos, tudo foi se aprimorando, e com a construção de um equipamento específico tocado a tratorzinho traçado, possibilitou que a cana-de-açúcar fosse moída na roça e somente seu suco fosse transportado até o galpão de trabalho. O local de manuseio do caldo da cana-de-açúcar, também foi aprimorado, de acordo com as normas do Sebrae e do Senai, facilitando o transporte do líquido para os tanques de fermentação e tachos de cozimento.

O produtor frisa que trabalha com amor, fabricando sempre um produto de qualidade e de sabor diferenciado, como é o caso da aguardente fabricada, a base de mel puro de abelha. ?Essa aguardente tem um gosto maravilhoso e em razão do custo só é produzido sob encomenda?, explica ele. Quem tiver interesse em conhecer os tipos de cachaça produzidos pelo produtor pode fazê-lo uma visita em sua residência, situada na rua Minas Gerais, número 2.360.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui