21.1 C
Timbó
quarta-feira, 12 de junho de 2024

Semanada Folclórica tem por objetivo preservar as tradições.

Data:

Semanada Folclórica tem por objetivo preservar as tradições.
CULTURA: Município se transforma em palco de história e cultura, de 15 a 24, com diversas apresent …

Thomas Erbacher

LILIANI BENTO/JMV

INDAIAL ? Com o objetivo de difundir o trabalho dos grupos folclóricos que representam as etnias integrantes da história da colonização do município, será realizada, de 15 a 24 de agosto, a 4ª Semanada Folclórica de Indaial, no salão paroquial da igreja Santa Inês. Nos dias festivos haverá apresentações artísticas e uma noite especial de gastronomia para as seguintes culturas: alemã, polonesa, italiana, açoriana e gaúcha.

- Publicidade -

A diretora da Fundação Indaialense de Cultura, Marli Bontempo Peixe, conta que, pela primeira vez, a edição está contando com apoio de patrocinadores que contribuíram com o evento através de projeto aprovado no Ministério da Cultura. As empresas que contribuem com projetos culturais têm o valor devido abatido no Imposto de Renda. Nesta primeira edição participaram as empresas Postes Indaial, Cooper, Metalúrgica Fey, Metalúrgica Wanke e Lojas Hardt.

Marli explica que, além da gastronomia típica, em todas as noites de evento haverá apresentações de grupos folclóricos, demostrando formas diferentes de usos e costumes em suas manifestações. A Semanada Folclórica propicia a integração dos diferentes grupos da cidade e região e, ao mesmo tempo, foca suas peculiaridades na dança folclórica, música, história, artesanato e gastronomia típica. ?É importante estas manifestações, pois fazem parte do perfil histórico do processo migratório desta região?, avalia.

De acordo com Marli, se faz necessário este tipo de atividade com o objetivo de que alguns grupos ou etnias não sofram transformações e até sejam extintos. A Semanada acaba servindo também para a integração e a difusão dos costumes aos mais jovens. ?É um meio de propagar e difundir trabalhos ligados aos grupos, estimulando a curiosidade, levando o cidadão a descobrir muito mais sobre o mosaico cultural que é o folclore local e brasileiro, propiciando e enriquecendo a memória indaialense?, diz.

Festival de gastronomia e feira de artesanato fazem parte da programação.

Na abertura da Sema-nada, dia 15, às 15h, acontece a Mostra de Pratos Típicos, com participação da Epagri, mulheres agricultoras e a população em geral. Para participar, basta colaborar com um prato típico e levar junto a receita. Marli explica a importância da receita porque, no próximo ano, será editado um livro com estas relíquias. Uma mesa será posta no salão paroquial e todos terão acesso à integração gastronômica. Esta é a sexta mostra gastronômica que ocorre no município, mas é a primeira vez que integra a programação da Semanada.

As mulheres agricultoras aproveitam este momento para a socialização e a troca de receitas, além de mostrar seus dotes culinários. O evento acaba também fortalecendo a culinária local, uma das formas de expressão da história de um povo. Alguns dos pratos apresentados acabam por desenhar as cozinhas regionais e, por suas características de preparo e degustação, bem como o significado que possuem para o grupo que os preparam e degustam, terminam por se constituir em símbolos locais, chamados de pratos típicos.

Indaial é uma cidade agregadora de diversas etnias. Os descendentes de alemães, italianos, poloneses e açorianos trouxeram uma infinidade de receitas de sua terra natal. Em solo brasileiro, com vegetação diferente e variada, algumas foram adaptadas. Neste processo, houve algumas fusões de culturas e pratos diversificados como tortas, pães, pastelão, entre outras iguarias e, muitas vezes, uma mistura interessante entre doce e salgado. Paralelamente, ocorre a Feira de Artesanato de Indaial, na qual são apresentados trabalhos em crochê, tricô, pintura, madeira e outros materiais. Herança também dos primeiros colonizadores.

Programação:

Dia 15:

Mostra de gastronomia, a partir das 15h, no salão paroquial da Igreja Santa InêsEntrada: um prato típico com receita

Dia 16:

Noite açoriana, das 19h às 22h, com apresentações artísticas e festival de sopasPreço: R$ 10,00

Dia 17:

Tarde Alemã, das 14h às 18h, com apresentações artísticas e café colonialPreço: R$ 12,00

Dia 22:

Noite Polonesa, das 19h às 22h, com apresentações artísticas e jantar típicoPreço: R$ 12,00

Dia 23:

Noite Italiana, das 19h às 22h, com apresentações artísticas e jantar típicoPreço: R$ 12,00

Dia 24:

Tertúlia Gaúcha, das 11h às 18h, com apresentações artísticas e costela estilo campeiroPreço: R$ 15,00

Dia 25, Noite Açoriana, das 18h às 22h, com apresentações artísticas e festival de sopasPreço: R$ 10,00

Durante todos os dias haverá feira de artesanato:

Dia 15: das 15h às 18h

Dia 16: das 19h às 22h

Dia 17: das 14h às 18h

Dias 22 e 23: das 19h às 22h

Dia 24: das 11h às 18h

Local: salão paroquial da igreja Santa Inês.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui