23.3 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Serginho é eleito com 19.393 votos em Indaial.

Data:

Serginho é eleito com 19.393 votos em Indaial.
Com 65,96% dos votos válidos, Sergio Almir dos Santos, foi eleito prefeito de Indaial. …

Thomas Erbacher

LILIANI BENTO/JMV

INDAIAL – Com 65,96% dos votos válidos, Sergio Almir dos Santos, 47 anos, candidato da coligação ?Amor por Indaial? (PMDB/PP/Democratas/PRB/PSDB), foi eleito prefeito de Indaial para o período de 2009-2012. Mario Withoeft, 49 anos, trabalhará durante os próximos quatro anos junto com Serginho, como vice-prefeito. Foram 19.393 votos, contra 5.818, do candidato que ficou em segundo lugar, Fabiano dos Santos (PT). Em terceiro ficou Silvio Gonçalves da Luz, da coligação ?Indaial Melhor? (PPS/PSB), com 3.951 votos. Em quarto lugar ficou Alcides Bedin, da coligação ?Povo no Poder? (Psol/PCdoB), com 239 votos.

- Publicidade -

Com uma população de 47.686 habitantes, em Indaial há 35.253 eleitores. Deste total, 89,21% compareceram as urnas, no último domingo, dia 5, ou seja, 31.449 eleitores votaram para prefeito e vereadores. No total, foram 29.401 votos válidos, visto que houve 1.175 nulos e 873 em branco.

Havia 93 seções e os votos foram contabilizados na Sociedade Recreativa de Indaial, onde o processo transcorreu com tranqüilidade, segundo a técnica judiciária Simone Fronza, do Cartório Eleitoral da 15ª Zona Eleitoral. Ela conta que nas cidades de Ascurra, Apiúna e Rodeio, que também fazem parte desta zona eleitoral, também não houve incidentes. Informações corroboradas pela Polícia Civil, afirmaram que ninguém foi detido em função de crime eleitoral no domingo.

O resultado oficial das eleições saiu às 19h43min. Mas antes disso, a coligação ?Amor por Indaial? já estava comemorando a vitória, em virtude do empate técnico e da grande diferença com relação ao candidato que ficou em segundo lugar.

Na última eleição, em 2004, Serginho perdeu por apenas um voto

O futuro prefeito de Indaial, Sergio Almir dos Santos, terá muito trabalho pela frente. Por isso, é bom que se prepare nos próximos três meses, para assumir no dia primeiro de janeiro de 2009 cheio de gás para trabalhar pelo município no qual foi eleito. Sua responsabilidade acaba sendo maior ainda visto que, no último pleito, em 2004, perdeu para o atual prefeito, Olímpio José Tomio, por apenas um voto. Em 2004, Tomio ganhou com 9.133 votos válidos. Serginho ficou em segundo lugar com 9.132 votos.

Serginho pautou a sua campanha no sentimento de amor por Indaial. Seu sonho, guiado pelas propostas apresentadas durante sua campanha, é de ter uma Indaial florida, arborizada, limpa , organizada e em pleno desenvolvimento. De acordo com Serginho, nas visitas feitas, durante a campanha, era notório o sentimento de renovação dos indaialenses. ?Por isso, queremos contribuir com a cidade, a partir de 2009, através de um trabalho sério?, diz.,

Entre as inovações propostas por Serginho, estão à construção de uma terceira ponte, a criação de fundo para pavimentação, projeto de uma Beira-Rio, entre muitos outros.Para os assuntos que fazem parte do dia-a-dia do indaialense, Serginho também tem propostas para melhorar o atendimento aos indaialenses.

Um dos pontos que há mais reclamações é a administração pública. Por este motivo, Serginho quer implantar um modelo gerencial em sintonia com as modernas técnicas de planejamento público, dotando-a de modernos recursos e tecnologias de informação, com o objetivo de melhorar a eficiência do atendimento.

Quanto ao transporte coletivo que está em uma situação complicada no município, o prefeito eleito pretende subsidiar parte do valor do transporte coletivo com o objetivo de atrair mais usuários. Desta forma, a empresa concessionária poderá investir em veículos novos. Serginho também pretende integrar o transporte coletivo de Indaial ao das cidades vizinhas.

O candidato avalia que o que está funcionando deve permanecer. Exemplo disto é a gestão compartilhada entre Casan e Prefeitura de Indaial no que tange a implementação do saneamento básico na cidade.

Na saúde, Serginho pretende investir na reestruturação dos postos de saúde, com a ampliação do horário de atendimento e redução na espera para fazer exames de média e alta complexidade. O futuro prefeito também pretende mexer na estrutura do Pronto Socorro e direcioná-lo para os casos de emergências.

Saiba quem é o futuro prefeito de Indaial:

Nome: Sergio Almir dos Santos

Idade: 47 anos

ESTADO CIVIL: casado

Profissão: Advogado

Decisão do povo deve ser respeitada

Alcides Bedin, da coligação ?Povo no Poder? (Psol/PCdoB), não vê como uma derrota o resultado das eleições. Bedin afirma que o processo eleitoral serviu para construir a história do Psol em Indaial, um partido novo no cenário político. ?Foi uma semente que plantamos com o intuito de consolidar o partido?, diz. Na sua opinião, é importante respeitar a decisão do povo.

A presidente do PT, em Indaial, e candidata a vice-prefeita, Vanir de Alcântara, diz que o processo democrático será respeitado, visto que a decisão de eleger o adversário, Serginho, foi do povo. ?O PT fez o seu trabalho e apresentou suas propostas. Porém, a coligação vitoriosa era forte?, afirma.

A diferença de votos entre o eleito e o candidato em segundo lugar, Fabiano dos Santos (PT), é que surpreendeu. No entanto, De acordo com Vanir, é normal depois de oito anos de administração de um mesmo partido, o povo ansiar por mudanças, pela renovação. ?Valeu a experiência. Nosso time esteve bem unido e o Fabiano é um nome bastante forte?, avalia.

O PT elegeu dois vereadores e, segundo Vanir, o momento agora é de tocar em frente, continuar a luta junto com os eleitos. ?O atual prefeito, Olímpio José Tomio, vai marcar história por ter sido o primeiro do PT a governar Indaial, sendo que o partido já está há 45 anos na cidade. A cidade mudou para melhor com a administração do PT?, diz.

Prefeito eleito vai trabalhar pelo desenvolvimento da cidade

O desenvolvimento de uma cidade passa necessariamente pela educação. Por este motivo, Serginho tem propostas sérias para o setor. Uma de suas propostas é a discussão sobre o sistema de ensino, sobre qual é o mais adequado, de ciclos ou de séries. Isso deve ser feito logo no início do próximo ano. Ele pretende também assegurar aos profissionais o direito a regência de classe, aulas excedentes e prêmio por assiduidade. Outro projeto interessante é a implantação da escola em tempo integral.Depois de investir em educação, Serginho tem que oportunizar que haja emprego para esta mão-de-obra qualificada. Por isso, além do ensino tradicional, o futuro prefeito pretende in vestir na educação profissional dos jovens trabalhadores.

Como forma de incentivar os empreendedores, Serginho pretende possibilitar o acesso a crédito com juros mais baixos a empresas da cidade, através de convênios com entidades de classe. Ele também pretende apostar na diversificação dos setores e fazer o levantamento cadastral das empresas do município, objetivando o conhecimento do potencial empreendedor da cidade.

Coligação terá maioria na Câmara de Vereadores

A Câmara de Vereadores também passará por uma renovação. Dos nove vereadores, que terminam seu mandato em 31 de dezembro, todos eram candidatos a reeleição, apenas dois foram vitoriosos: Henrique Fritz (PMDB) e Rubens Reinhold Ittner (PMDB), coincidentemente, o partido do prefeito eleito. Serginho, a princípio, terá tranqüilidade para governar, visto que sete dos vereadores eleitos são da sua coligação. Ao contrário do prefeito em exercício Olímpio José Tomio, que tinha minoria na Câmara de Vereadores, apenas dois deles. Por este motivo, segundo Tomio, havia algumas dificuldades para votar alguns projetos.

Assim como em 2000 e 2004, o PT elegeu, este ano, também dois vereadores. O professor Almir e Calinho Mandel substituirão, em 2009, Denilson Lana e Lindomar Lindner.

[email protected]

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui