17.2 C
Timbó
segunda-feira, 22 de abril de 2024

Polícia continua investigações sobre empresa de veículos que fraudou clientes em Indaial.

Data:

Polícia continua investigações sobre empresa de veículos que fraudou clientes em Indaial.
A Polícia Civil de Indaial continua a investigação sobre a empresa Cage Automóveis e Motos Multi …

Thomas Erbacher

INDAIAL ? A Polícia Civil de Indaial continua a investigação sobre a empresa Cage Automóveis e Motos Multimarcas, suspeita de aplicar um golpe de R$ 2 a 5 milhões, em clientes de Indaial. A polícia já ouviu depoimentos de 30 pessoas que se dizem vítimas de estelionato na cidade. Elas eram clientes da concessionária de veículos e tiveram as assinaturas falsificadas para a compra financiada de carros e motos. O golpe era aplicado, segundo o inquérito, depois que as pessoas compravam na loja de Vanderley Werter. Ao todo, o prejuízo das vítimas já chega a R$ 500 mil.

Segundo o delegado Carlos Crippa, que cuida do caso, a suspeita é que Werter usava os documentos dos clientes para fazer negócios em nome de terceiros. Em alguns casos, o próprio veículo que a pessoa adquiria era refinanciado sem autorização, apurou o delegado.A desconfiança surgiu com o acúmulo de queixas sobre a demora na entrega de documentos, quitações de financiamentos e outros serviços prestados pela concessionária. Segundo Crippa, há quatro meses, Werter parou de pagar os bancos e as dívidas começaram a chegar aos clientes.Além disso, funcionários também foram prejudicados com a falta de pagamento de salários, e financiamentos feitos a base de falsificação.

- Publicidade -

A empresa atuava em Indaial há mais de 15 anos e era uma das principais vendedoras de automóveis do Médio Vale. A polícia ainda tenta ouvir o empresário Vanderley Werter, que fechou a concessionária no dia 26 de junho, e desde então, não é localizado.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui