22.2 C
Timbó
quarta-feira, 29 de maio de 2024

Bombeiros: atendimento via WhatsApp

Data:

Novidades sobre o Pedido de Providências nº 0157/2024 feito pelo vereador Adriano José da Silva. Em nota o vereador informa que recebeu uma resposta do Comando do 3º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) de Blumenau com relação a seu que versa sobre a necessidade de disponibilizar, além do número 193, um contato de emergência via WhatsApp.

Segundo o ofício assinado pelo tenente-coronel BM Mateus Muniz Corradini, comandante do 3ºBBM, o comando está de acordo com a solicitação. Reconhece-se a importância de oferecer meios eficazes de contato, além do telefone de emergência 193, para evitar atrasos nos atendimentos, especialmente em áreas do estado com sinal de internet, mas sem cobertura de telefonia celular.

- Publicidade -

O documento também informa que já estão em andamento conversas com a Divisão de Tecnologia da Informação (DiTI) do CBMSC. Embora um estudo esteja em curso, ainda não há uma conclusão definitiva, uma vez que é necessário tomar decisões cuidadosas para assegurar a segurança e eficácia do processo.

O Pedido de Providências foi encaminhado ao comando-geral do CBMSC, visando antecipar a resposta ao Governo do Estado.

Contexto do Pedido

Durante a sessão legislativa do dia 2 de abril, o vereador Adriano José da Silva propôs o Pedido de Providências nº 0157/2024, com o intuito de melhorar o acesso aos serviços de emergência prestados pelo Corpo de Bombeiros. O requerimento implica no envio do pedido ao Governo do Estado.

A proposta visa a utilização do WhatsApp como canal adicional para chamadas e mensagens escritas, especialmente em áreas onde o sinal de internet é mais estável do que o da telefonia móvel. Vale ressaltar que essa medida não se limita apenas a áreas remotas, mas também abrange regiões dentro dos municípios que enfrentam problemas semelhantes.

Quanto ao Pedido de Providências n° 0116/2024, também apresentado pelo vereador na mesma sessão e referente ao SAMU, ainda não houve manifestação com relação à solicitação.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui