17 C
Timbó
sábado, 18 de maio de 2024

Jorge e entidades cobram Segurança

Data:

Jorge e entidades cobram Segurança

Foto: Divulgação

O prefeito de Timbó, Jorge Krüger, e entidades representativas de classe, manifestaram, esta semana, preocupação com o anúncio da Secretaria de Segurança Pública, que vai reduzir a estrutura da Polícia Civil de Timbó, de três para apenas um delegado. O déficit de policiais também é verificado na Polícia Militar e a atual estrutura de segurança ficará menor que a verificada há três décadas, mesmo com o aumento populacional e o crescimento do número de ocorrências. Timbó, com 45 mil habitantes, é a sede da Comarca e atua em casos especial em toda a região, totalizando mais de 80 mil habitantes.

As entidades: Associação Empresarial do Médio Vale do Itajaí (Acimvi); Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Timbó (Simmmet), Câmara de Dirigentes Lojistas de Timbó (CDL), Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Timbó (Stimmmet), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – 27ª Subseção de Timbó, e o Centro de Engenheiros e Agrônomos de Timbó (CEAT), em paralelo, encaminharam um ofício, endereçado ao Delegado Geral da Polícia Civil, Ulisses Gabriel, com uma ampla exposição de motivos para que a Administração da Polícia Civil de Santa Catarina reconsidere a decisão de reduzir a estrutura policial na delegacia de Timbó. No ofício, as entidades destacam o aumento da população e a força da economia local, que requer segurança pública como condição para estabilidade social e confiança nos investimentos e geração da riqueza.

- Publicidade -

O prefeito Jorge Krüger está buscando meios políticos para fazer chegar aos altos comandos do Estado a reivindicação da comunidade. Além de pleitear a manutenção da estrutura na Polícia Civil, há uma demanda reprimida de policiais militares em toda a região. Atualmente, mesmo sendo uma Companhia da PM, Timbó conta com um efetivo inferior ao existente na década de 90. Uma contradição ao número de habitantes, que aumentou mais de 50% no período. Jorge quer levar esta pauta a todos que possam influenciar para que a segurança pública seja reforçada. Recentemente, a Prefeitura ampliou o número de câmeras de monitoramento em toda a cidade.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui