22 C
Timbó
sábado, 20 de julho de 2024

Colunas

Partidos lançam projeto eleitoral 2024

ELEIÇÕES
Partidos lançam projeto eleitoral 2024

Evandro Loes [email protected]

Foto: FOTO/RAFAEL/ARQUIVO PESSOAL DOUGLAS MARCHETTI

Os vereadores Douglas Marchetti (Podemos), Gilmara Giotti (PP), Edson Bona (Podemos) e Adriano José da Silva (Podemos), amparados pelos partidos Podemos, União Brasil e Republicanos, realizaram uma reunião-almoço, no sábado, dia 2 de dezembro, no salão do Clube Água Verde, para o lançamento do Projeto Eleitoral Timbó 2024.

O evento foi por adesão e contou com as presenças do deputado Estadual Maurício Escudlarck (PL), representantes dos deputados Marcos da Rosa (União Brasil), Camilo Martins (Podemos), a presidente do Podemos Mulher de SC e vereadora de Blumenau, Cristiane Loureiro, o ex-vice-prefeito de Indaial, Mário Withoeft, vereadores de Rio dos Cedros, Cassio e Joanita, além dos presidentes dos partidos, suplentes de vereadores e simpatizantes.

- Publicidade -

O presidente do Podemos, vereador Douglas Marchetti, disse que passaram pelo evento entre 800 e 1.000 pessoas, lotando o salão do Clube Água Verde. O evento teve por objetivo prestar contas dos trabalhos dos vereadores Douglas Marchetti, Gilmara Giotti, Edson Bona e Adriano José da Silva, no atual mandato e apresentar o Projeto Eleitoral Timbó 2024, que prevê diversos projetos a serem defendidos na campanha eleitoral.

 

Marchetti é declarado pré-candidato a prefeito e tem a vereadora Gilmara Giotti como pré-candidata a vice-prefeita. Embora filiada ao PP, a participação de Gilmara no projeto, até o momento, é de ordem pessoal e não tem a participação do partido.

Marchetti está em seu terceiro mandato de vereador e tinha a intenção de concorrer ao cargo de prefeito, em 2020, quando aguardava o cumprimento de um acordo que diz ter firmado com o atual prefeito, Jorge Krüger (PP), ainda na eleição de 2016 (primeira eleição de Krüger), tudo combinado com as bênçãos do então prefeito e depois deputado (agora ex-deputado), Laércio Schuster Júnior (atualmente no PL de Indaial). Jorge decidiu disputar a eleição e Marchetti deixou o PP, filiando-se ao Podemos, disputando novamente a Câmara de Vereadores. Na época, o Podemos ficou neutro na eleição municipal, vencida por ampla margem por Jorge Krüger.

Depois de ensaiar uma oposição ao governo de Jorge Krüger, no início do mandato, Marchetti amenizou as críticas e vem se aproximando do Executivo, participando de eventos e reuniões com o prefeito Jorge Krüger, sem, no entanto, haver compromisso eleitoral declarado, até o momento. A aproximação tem influência da vereadora Gilmara, a mais votada na eleição de 2020 e que participa ativamente no acompanhamento da administração municipal. Há rumores de que Jorge Krüger dará apoio a Marchetti, cumprindo o compromisso de 2016, mas este apoio ainda é incerto. Recentemente, Jorge deu amplo espaço, em sua reunião de prestação de contas, realizada no bairro das Nações, a outro pré-candidato a prefeito, recém-filiado ao Partido NOVO, o secretário de Esportes, Márcio Elisio.

O xadrez político municipal ainda envolve outros postulantes ao cargo majoritário, como o atual vice-prefeito Guilherme Voigt (Tutti/PSDB), o vereador Flávio Germano Buzzi (PSD), vereador Haroldo Fiebes (MDB) e o advogado Jean Schütz (PL).

Marchetti já adiantou que o Projeto Eleitoral Timbó 2024 poderá agregar novos apoios e partidos, mas a decisão de viabilizar a pré-candidatura da chapa majoritária já está tomada e será levada até o final, com a apresentação de uma proposta viável para a população timboense.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui