16.4 C
Timbó
sábado, 18 de maio de 2024

Campanha de Vacinação contra Covid-19 entra na segunda fase

Data:

Campanha de Vacinação contra Covid-19 entra na segunda fase

Foto: Foto: Júlio Cavalheiro/Secom

A nova remessa de doses da vacina Pfizer Bivalente chegou e Timbó que vai dar continuidade à vacinação. Segundo informações da Secretaria de Saúde de Timbó iniciou nesta semana a segunda fase da Campanha de Vacinação contra Covid-19, conforme cronograma do Ministério da Saúde. A segunda fase contempla pessoas entre 60 e 69 anos. Assim, está sendo aplicada a dose de reforço Bivalente da vacina, para as pessoas que já tiveram as duas primeiras doses da vacina contra Covid-19, indiferente de qual laboratório. A vacina está disponível em todas as unidades de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h30min e das 13 às 16h. É preciso levar somente a caderneta de vacina.

Conforme as orientações do Ministério da Saúde (MS) e Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), os primeiros contemplados são as pessoas com 70 anos ou mais, moradores e trabalhadores de instituições de longa permanência (ILP), imunocomprometidos, comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas, até enquanto durarem os estoques.

- Publicidade -

A vacina é uma versão atualizada das que já existem contra Covid-19. Chamada de Bivalente por conta das cepas que ela contém, pois além da cepa original ela também protege contra as subvariantes Ômicron. As doses serão aplicadas até zerarem os estoques.

Quem só tomou uma dose até agora vai ter que tomar ainda a segunda dose da vacina para estar apto a tomar a bivalente, a qual poderá ser tomada após quatro meses da segunda dose. O intervalo de aplicação da dose de reforço com a vacina Bivalente deve ser de, pelo menos, quatro meses após a finalização do esquema primário da vacina Monovalente (dose 1 e dose 2) ou aplicação da última dose de reforço.

Em entrevista a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Timbó, Michelle Stolfi, explica que a vacinação da Covid-19 Bivalente começou no dia 27 de fevereiro, quando o Ministério da Saúde dividiu por fases os grupos prioritários. Até o dia 14 de março, foram vacinadas 521 pessoas com a dose de reforço dentro dos grupos prioritários. “Sentimos que a procura é baixa, porém alertamos para a importância da vacinação, visto que com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Brasil permitiu a redução considerável de casos graves e óbitos pela doença”.
A profissional informa que “Timbó vem registrando um aumento nos casos de Covid-19. De acordo com os registros desde janeiro até final de fevereiro foram 130 casos positivos, 700 casos negativos e dois óbitos em pessoas com mais de 60 anos. Por isso a importância de a população retornar às unidades de Saúde para completarem o ciclo vacinal”.

Orientações

Os grupos contemplados na primeira fase, que ainda não tomaram a dose da vacina, também podem tomá-la:

• Pessoas com 70 anos ou mais;
• Pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), abrigados e trabalhadores destas instituições;
• Imunocomprometidos (Pessoas transplantadas, pessoas vivendo com HIV, pessoas com doenças inflamatórias imunomediadas, pessoas com imunodeficiências primárias, pessoas com doença renal em hemodiálise, pacientes oncológicos que realizaram tratamento nos últimos seis meses e pessoas com neoplasias hematológicas;
• Comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui