23 C
Timbó
terça-feira, 16 de abril de 2024

Rede Feminina de Combate ao Câncer

Data:

No mês de fevereiro, duas datas importantes relacionadas ao câncer são celebradas: o Dia Mundial de Combate ao Câncer, em 4 de fevereiro, e o Dia Mundial da Mamografia, em 5 de fevereiro. O Dia Mundial de Combate ao Câncer destaca a importância do diagnóstico precoce no enfrentamento da doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) alerta para o problema do diagnóstico tardio, identificado por 31% dos oncologistas clínicos entrevistados em um censo. Entre as principais questões estão falhas no acesso e na qualidade dos exames, falta de campanhas eficientes de conscientização e baixa adesão da população aos programas de prevenção e tratamento.

 
Já o Dia Mundial da Mamografia, em 5 de fevereiro, reforça a importância da prevenção do câncer de mama, o tipo mais comum entre as mulheres. No entanto, uma pesquisa revela que a disseminação da prevenção ainda é baixa no Brasil, com apenas dois terços das entrevistadas realizando regularmente exames de detecção, como a mamografia. A recomendação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja feita por mulheres entre 50 e 69 anos, a cada dois anos. A detecção precoce é crucial para o tratamento eficaz da doença, oferecendo melhores perspectivas de vida para as pacientes.
Não podemos falar de câncer e cuidados com a saúde da mulher sem mencionar a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Timbó, que desempenha uma ação significativa perante a comunidade local. Por isso, a redação do Jornal do Médio Vale (JMV) entrevistou a presidente da RFCC, Elenita Lenzi da Silva, que apresentou o relatório de atividades do ano de 2023 e destacou os projetos para 2024. “Vivemos um período repleto de desafios, adaptações e, acima de tudo, grandes conquistas para a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Timbó. Foi um ano marcado por realizações memoráveis, nas quais a gratidão é estendida a diversos setores da comunidade, empresas, poder público, grandes apoiadores, todas as voluntárias e à diretoria executiva”, afirmou Elenita.

- Publicidade -

 
Segundo ela, o relatório de trabalho testemunha o empenho incansável e a dedicação de todos os envolvidos. Abaixo estão os destaques das atividades realizadas durante o ano:
Equipe do Útero: desempenhou um papel fundamental na coleta de materiais para exames preventivos, como o Papanicolau, e ofereceu orientações cruciais para as mulheres em busca da prevenção. Com plantões realizados nos períodos matutino e vespertino ao longo da semana, sob a coordenação das voluntárias Denize Testoni Schroeder e Vera L. A. Sussmann, a equipe contou com profissionais da área de Saúde e voluntárias engajadas. Foram realizados um total de 1.071 exames preventivos (Papanicolau) e 226 encaminhamentos para a realização de mamografias. Setor Educacional: comprometida com a prevenção, a RFCC de Timbó promoveu um programa de Educação para a Saúde, com enfoque especial na conscientização sobre o HPV e prevenção do câncer de mama. A equipe do setor educativo ministrou palestras em escolas e empresas, totalizando 31 palestras e envolvendo 837 participantes.

 
Setor da Mama: concentrou esforços em melhorar a qualidade de vida das mulheres mastectomizadas, oferecendo uma ampla gama de serviços e apoio multidisciplinar. Sob a coordenação de Marga Maria Finger Bertoldi e Elisabeth Pesente Colodel Nasatto, e com a colaboração de voluntárias dedicadas, foram realizados mais de 4.440 atendimentos ao longo do ano, incluindo acolhimento multidisciplinar, terapias diversas, acompanhamento psicológico e atividades terapêuticas.

 
Ações e Eventos: além das atividades regulares, o ano de 2023 foi marcado por dois eventos significativos: a mudança e inauguração da nova sede da RFCC de Timbó e a comemoração dos 30 anos da Rede Feminina na cidade.

 
Setor do Brechó: desempenhou um papel crucial na arrecadação de fundos para a manutenção da Rede, através da comercialização de peças doadas pela comunidade. Sob a coordenação de Rosali I. W. Zanatta e Nivéria Rozete Lange Roedel, e com o apoio de dedicadas atendentes/vendedoras, o setor contribuiu significativamente para os objetivos financeiros da organização.

 
Elenita afirma que “em resumo, o ano de 2023 foi marcado por um notável esforço coletivo e dedicação incansável na luta contra o câncer em Timbó. A RFCC continua a desempenhar um papel vital na prevenção, educação e apoio às mulheres afetadas pela doença, graças ao compromisso e generosidade de sua equipe e comunidade”.

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui